TaKeTiNa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Roda de TaKeTiNa (com Reinhard Flatischler e Cornelia Jecklin)

Desenvolvida na década de 1970 pelo percussionista austríaco Reinhard Flatischler, a TaKeTiNa é um processo coletivo, meditativo e musical para o desenvolvimento humano. Em uma sessão de TaKeTiNa, existem três camadas de ritmo simultâneas (voz, mãos e pés), suportadas por um berimbau e um surdo, que causam um constante equilíbrio entre caos e ordem, estabilização e desestabilização, levando os participantes a repetidamente sair e entrar no ritmo. [1][2][3] Segundo Flatischler, os participantes desenvolvem uma profunda orientação rítmica e também qualidades diretamente benéficas para nossa saúde e qualidade de vida: redução de ansiedade, ludicidade, estabilidade da atenção, relaxamento, entre outras.[4]

O método da TaKeTiNa é usado em universidades, empresas, clínicas e hospitais ao redor do mundo.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Flatischler (1996), Flatischler, Reinhard (1996). R. Pratt & R. Spintge, eds. The effects of musical rhythm on body and mind: The interaction field of the ta ke ti na rhythm process. Col: MusicMedicine (em alemão). 2. Michigan, USA: MMB Music Inc. pp. 344–351 
  2. Stroh (1997), Stroh, Wolfgang Martin (1997). Zur psychoanalytischen Theorie der Weltmusik [The psychoanalytic theory of world music]. Col: "Step across the border": Neue musikalische Trends--Neue massenmediale Kontexte (em alemão). Reinhard Flatischler and Wolfgang Strobel have used the psychoanalytic theory of archetypes as the basis for postulating musical universals. Their attempts are examined critically with reference to the rise of world music. Hamburg, Germany: Arbeitskreis Studium Populärer Musik 
  3. Stroh (1997), Stroh, Wolfgang Martin (1997). «Das "rhythmische Urwissen" und die Archetypen [Primordial rhythmic knowledge and archetypes]» 4 ed. Musiktherapeutische Umschau: Forschung und Praxis der Musiktherapie (em alemão). 18: 308–317. ISSN 0172-5505 
  4. Haddad (2004), Haddad, J. (2004). «Ta ke ti na: an interview with Reinhard Flatischler». Percussive Notes. 42: 36–41. ISSN 0553-6502. Consultado em 9 de dezembro de 2007.. Arquivado do original em 26 de novembro de 2007 
  5. Hafke (1996), Hafke, Christel (1996). «Body-Percussion: Elementare Rhythmuserfahrung mit TaKeTiNa [Body-Percussion: Elementary Rhythm Experience with TaKeTiNa]» 3 ed. Musiktherapeutische Umschau: Forschung und Praxis der Musiktherapie (em alemão). 28: 14–17. ISSN 0027-4747 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Flatischler, Reinhard. (1992). The Forgotten Power of Rhythm: Taketina. Mendicino, Estados Unidos: Life Rhythm.
  • Flatischler, Reinhard. (2006). Rhythm for Evolution. Mainz, Alemanha: Schott.
  • Flatischler, Reinhard. (2012). TaKeTiNa: The Healing Power of Primal Rhythmic Movements. Mainz, Alemanha: Irisiana.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]