Cão-guaxinim japonês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tanuki)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaCão-guaxinim japonês
Tanuki By Iwanafish- Cropped.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Canidae
Género: Nyctereutes
Espécie: N. procyonoides
Nome binomial
Nyctereutes procyonoides
(Gray, 1834)
Nome trinomial
Nyctereutes procyonoides viverrinus
Subespécies
N. p. koreensis

N. p. orestes
N. p. ussuriensis
N. p. viverrinus

Cão-guaxinim japonês, também conhecido como tanuki (狸 ou たぬき, [tanɯki]?) é uma espécie do Nyctereutes, família canídea típica do Japão, é uma subespécie do cão-guaxinim asiático.

Nome[editar | editar código-fonte]

Enquanto os tanuki são proeminintes no folclore japonês e provérbios, eles não são claramente distinguidos de outros animais com aparência similar. Em dialetos locais, tanuki e mujina (, kyujitai: 貉) podem se referir a cão-guanixins ou texugos. Um animal conhecido como tanuki numa região pode ser conhecido como mujina em outra região. No dialeto padrão moderno de Tóquio, tanuki se refere a cão-guaxinins e anaguma se refere a texugos. Pratos regionais conhecidos como tanuki-jiru ("sopa de tanuki") não contém tanuki. Algumas regiões do norte, rurais, podem comer guisado de tanuki (tanuki shichuu).[1]

No folclore[editar | editar código-fonte]

Taxidermia de um cão guaxinim japonês utilizando waraji em seus pés. Este tanuki é mostrado em um templo budista no Japão, no local da história de folclore Bunbuku Chagama.

Faz parte da mitologia japonesa desde tempos antigos. O Tanuki místico é travesso e alegre, mestre no disfarce e na troca de formas.

Enquanto as histórias das Kitsune são muito sérias, as do tanuki são mais divertidas. Também mais ingênua, dizem que o tanuki adora saquê e é frequentemente retratado com uma garrafa de saquê em uma mão e uma nota promissória na outra (uma conta que ele nunca paga). Até hoje suas estátuas podem ser vistas especialmente do lado de fora de restaurantes e bares para atrair clientes.

Muitas vezes confundido com o mujina, é culpado por todas as aparições fantasmagóricas. Parece ter uma queda por bebidas, comidas e mulheres. Adora pegar folhas e transformá-las em dinheiro, enganando todos. Também é bom em virar objetos inanimados.

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • Em Super Mario Bros. 3, lançado originalmente para o Nintendo Entertainment System, Mario pode adquirir uma Tanooki Suit, que lhe permite voar temporariamente e se transformar em uma estátua invencível, porém imóvel.
  • Em Touhou Project, a personagem Mamizou Futatsuiwa faz a representação de um Tanuki, possuindo cauda e orelhas típicas de um Tanuki, além de uma garrafa de saquê e uma conta em suas mãos, ela também gosta de tirar proveito dos outros transformando folhas em dinheiro e se transformando em objetos.
  • Em Animal Crossing existe um personagem chamado Tom Nook que é uma representação de um Tanuki que trabalha como comerciante da aldeia onde o jogador habita.
  • O Tanuki é uma das formas de Raijuu (雷 獣, Besta do Trovão), mística fera que acompanha Raijin (雷神, Deus do Trovão na mitologia Japonesa), a fera também pode assumir a forma de um gato, macaco ou doninha, seu corpo e composto de electricidade e fogo, enquanto seu dono pode criar relâmpagos, trovões e chuva. Este também é visto no jogo "Mortal Kombat", incorporado pelo personagem Raiden ("Rai" 雷, trovão + "Den" 电, Raios).

Referências

  1. Nicol, C.W., "Talking tanuki — or whatever you call them", Japan Times, 4 January 2015, p. 21
Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.