Teatro Nacional Mohamed V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teatro Nacional Mohamed V
Inauguração 14 de março de 1962
Função atual Teatro, música, ópera, ballet e cinema
Website www.tnmv.ma
Geografia
País Marrocos
Cidade Rabat

O Teatro Nacional Mohamed V (em francês: Théâtre national Mohammed-V, TNM), denominado inicialmente de forma oficial e na actualidade de forma coloquial como Teatro Mohamed V, é o maior teatro de Marrocos[1] e a primeira construção teatral edificada depois da independência do país.[2] Criado em 1962,[3] está localizado no centro de Rabat,[4] a capital de Marrocos, perto da medina e da avenida Mohamed V.

História[editar | editar código-fonte]

Concebido a partir de um projecto do ministério dos Habús, cujos fundos serviram para sua construção, foi finalizado em 1961 e foi inaugurado no dia 14 de março de 1962 pelo rei Hasán II[2] com a denominação de «Teatro Mohamed V», em homenagem a seu pai falecido Mohamed V. Foi-lhe atribuído um estatuto onze anos mais tarde por um dahir (real decreto) dode 22 de fevereiro de 1973, convertendo-o num «estabelecimento público dotado de personalidade moral e de autonomia financeira […] sob a tutela administrativa da autoridade responsável dos assuntos culturais» —que então era o Ministério dos Habús, dos Assuntos Islâmicos e da Cultura, e que na actualidade é o Ministério de Cultura— sob o nome de «Teatro Nacional Mohamed V».[5][6][7][8][9][10][11]

Companhia do Teatro Nacional[editar | editar código-fonte]

Os comediantes da Companhia do Teatro Nacional, cujas obras são postas em cena por Abdellatif Dechraoui, são Mohamed Al Jem, Nezha Regragui, Souad Khouyi, Fatiha Watili, Hind Chahboune, Ziz Maouhoub e Mohamed Khaddi (dados de dezembro de 2014).[12]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Théâtre national Mohammed V» [Teatro Nacional Mohamed V]. www.babelfan.ma (em francês) 
  2. a b Ouzri 1997, p. 139
  3. V, Théâtre National Mohammed. «Théâtre National Mohammed V». Théâtre National Mohammed V (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2018 
  4. «Theatre National Mohammed V, Rabat, Maroc, Concert, Musique, Humour». www.babelfan.ma (em francês). Consultado em 26 de dezembro de 2018 
  5. dle.rae.es https://dle.rae.es/?id=JwB5dry. Consultado em 17 de dezembro de 2018  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. Ouzri 1997, p. 139
  7. Adam, André (1973). «LA POLITIQUE CULTURELLE AU MAROC» (PDF). Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  8. Ouzri 1997, p. 139
  9. Fougerouse, Maurice. Fondation Singer-Polignac, ed. Le Maroc : Vocations et réalités. Paris: [s.n.] p. 414 
  10. PDF «Dahir portant loi nº 1-72-293 du 18 moharrem 1393 (22 février 1973) relatif à la création du Théâtre national Mohammed V» (PDF). Boletín Oficial del Reino de Marruecos (em francês): 452-453. Consultado em 17 de dezembro de 2018. Arquivado do original (PDF) em 2 de fevereiro de 2014 
  11. «Portail national du Maroc :». web.archive.org. 4 de abril de 2012. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  12. «Entre crise et continuité : Théâtre marocain». Al Bayane (em francês) 

Bibliografia utilizada[editar | editar código-fonte]

  • Ouzri, Abdelwahed (1997). «III. Le théâtre Mohammed V». In: Toubkal. Le Théâtre au Maroc: Structures et Tendances. Casablanca: [s.n.] pp. 139–? 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]