Tecnologia em bancos de dados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alguns livros usados para conhecimento em banco de dados.

A Tecnologia em Banco de Dados é um curso de ensino superior reconhecido como graduação pelo MEC, diferente dos cursos técnicos.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a tendência é que os serviços em tecnologia sejam cada vez mais requisitados, o que leva àos serviços desta área ficarem cada vez mais específicos e críticos. A função do técnico em banco de dados é muito antiga e complexa, sendo restrita a alguns analistas de sistema que aspiram pelo alto desempenho na informática, embora seja uma profissão mais difundida há alguns anos.

O TERMO DBA - Administrador de banco de dados[editar | editar código-fonte]

O termo "DBA" significa "DATABASE ADMINISTRATOR", em inglês sigla que traduzida, literalmente, designa o capacitado pela licenciatura de administrar banco de dados onde estão armazenadas informações. O profissional que atua nesta área pode receber outras nomenclaturas variando pelo grau de conhecimento e tempo na área. Alguns são:

  • DBA JR: os profissionais assim resignados, têm em média dois anos de experiencia com banco de dados.
  • DBA PLENO: naturalmente, colaboradores com essa denominação possuem em média de dois a cinco anos de experiência em banco de dados.
  • DBA SR.(SENIOR): profissionais com mais de cinco anos de experiência, geralmente são consultores e atuam de forma independente em empresas próprias e ou em consultorias.
  • RACDBA: nomenclatura utilizada por profissionais que trabalham em ambientes clusterizados, que significa : CLUSTER DATABASE ADMINISTRATOR.
  • RACHADBA: outra nomenclatura utilizada por profissionais que também trabalham em ambientes clusterizados, porém, com uma pequena diferença: são responsáveis por montar clusters de backup ou sites de backup, dependendo da configuração do site primário. [carece de fontes?]

Responsabilidades do profissional[editar | editar código-fonte]

O DBA tem muitas responsabilidades, e muitas delas são de vital importância para a continuação dos serviços qualquer que seja a empresa. As responsabilidades do DBA podem aumentar ou diminuir dependendo da empresa em que o mesmo atua, porém algumas são obrigatórias, são elas:

  • Evitar a corrupção de dados.
  • Evitar parada do banco de dados.
  • Criar e administrar backups do banco de dados e do Sistema operacional, dependendo do tipo de backup.
  • Evitar corrupções de backup.
  • Responsável pela segurança dos dados.
  • Analisar e evitar problemas de Performance, que sejam causadas por hardware, consultas SQL mal escritas e ou problemas com topologia de rede.
  • Calcular a expansão do ambiente(HARDWARE + STORAGE) e evitar desuso indevido por parte das aplicações no banco de dados que oneram recursos no sistema de armazenamento.
  • Aplicar atualizações no banco de dados.
  • Modelar o banco de dados.
  • Modelar o fluxo de trabalho das rotinas geradas no banco pelas aplicações (fluxuograma de trabalho).
  • Migração de ambientes operacionais , tipo: versões de software de banco de dados e ou arquitetura do ambiente de hardware

Capacidades profissionais[editar | editar código-fonte]

Ser DBA depende de conhecimentos específicos. Alguns dos conhecimentos necessários correspondem a:

  • SQL (cuja sintaxe e funcionamento possui características específicas entre sistemas de bancos de dados diferentes);
  • SHELL SCRIPT (para criação de procedimentos no sistema operacional de automatização das operações do banco de dados onde a intervenção no sistema operacional seja necessária);
  • UML (para determinar o desenho do banco de dados);
  • TOPOLOGIA DE REDES DE COMPUTADORES (para identificar problemas e dimensionar a capacidade de carga do ambiente do banco de dados);
  • SISTEMAS OPERACIONAIS (imprescindível, pois as variações entre os diversos sistemas operacionais influenciam diretamente no funcionamento dos sistemas de banco de dados);
  • HARDWARE (incluindo sistemas de STORAGE, para permitir a análise e distribuição do sistema no ambiente computacional)
  • Conhecimentos de Inglês, pois a maioria da documentação importante está nessa língua.54432avhr

4328756achr

Tendências atuais[editar | editar código-fonte]

Com o crescimento das empresas e de seus ambientes operacionais, a perda de serviço vem se tornando mais uma preocupação para os Diretores de T.I. e a retenção de profissionais com essas competências, pois ao formar um profissional com essas características, a "tarefa" não é fácil, e se torna questão de sobrevivência da empresa com o odvento da informática como principal agente dela.