Termas de São Pedro do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vestígios romanos nas Termas de São Pedro do Sul, distrito de Viseu, Portugal

As Termas de São Pedro do Sul ficam em Várzea, São Pedro do Sul (Portugal). São as termas mais frequentadas do país.

A nascente de água termal de S. Pedro do Sul é explorada desde o séc. I. O que resta hoje de um balneu construído pelo Romanos é Monumento Nacional. Sobre este o rei D. Afonso Henriques mandou edificar o balneário (atualmente designado por Balneário D. Afonso Henriques). Em 1894 foram criadas, a seu lado, novas instalações termais (Balneário Rainha D. Amélia).

Diz-se que o rei D. Afonso Henriques, em 1169, frequentou as Termas de S. Pedro do Sul, para se restabelecer de uma fratura na perna[1].

Possui uma água sulfúrea que brota a 68,7ºC[2].

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]