Triângulo maçónico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Triângulo maçónico (português europeu) ou maçônico (português brasileiro) é a célula base de formação de uma Loja Maçónica (ou Maçônica).

Nos locais em que não haja possibilidade de que uma Loja Maçónica seja formada, pode ser constituído um Triângulo maçónico.

O Triângulo maçónico pode ser formado desde que exista um número mínimo de três Mestres Maçons, trabalhando sob a égide de uma Loja Maçónica, de referir, que uma Loja Maçónica têm que ser formada pelo mínimo de sete Mestres Maçons.

Os três Mestres Maçons justificam-se pois há três "luzes", ou cargos que numa Loja Maçónica têm sempre que existir, o de Venerável Mestre o de Primeiro e Segundo Vigilantes [1] e estes obrigatoriamente têm que ser Mestres Maçons.

O Triângulo maçónico por norma deve ser o embrião de uma nova Loja Maçónica.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. O nome dos oficiais referidos muda conforme o Rito seguido



Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Maçonaria.
Ícone de esboço Este artigo sobre Maçonaria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.