Ultimato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Ultimato (desambiguação).

O ultimato ou ultimátum[1] (do latim ultimatum, "ultimado", pelo francês ultimatum, "ultimato") é o nome dado ao conjunto das últimas exigências, propostas ou condições que um Estado ou nação apresenta a outro e cuja não aceitação implica declaração de guerra ou à exigência feita durante o estado de guerra, por um chefe militar, no sentido de conseguir a rendição imediata do inimigo, sob ameaça de alcançá-la por meios violentos. O termo é usado por extensão à qualquer declaração final e irrevogável para satisfação de certas exigências.[2]

Referências

  1. https://www.dicio.com.br/ultimatum/
  2. George, Alexander L. (1991). Art, Robert J.; Cronin, Patrick M., eds. Forceful Persuasion: Coercive Diplomacy as an Alternative to War. [S.l.]: US Institute of Peace Press. ISBN 978-187837914-6 
Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.