Unidos do Bairro Quinze

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Unidos do Bairro Quinze
Bairro Quinze

A Escola de Samba Unidos do Bairro Quinze foi uma escola de samba da cidade de Rio Branco, no estado do Acre. Teve seu auge durante a década de 1970.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

  • Dr. Aloisio Macedo Maia
  • Dr. james
  • João dos Reis ferreira (santinho)
  • josé Edimar Santiago de Melo (ronivon)
  • Manoel Socorro Gomes ( manoel Serigueiro)
  • Almir Dankar
  • Genildo Fraga de Mendonça - Participou da composição de todas as diretorias, com exceção a sr josé avelino.[1]
  • Zezinho Avelino

Enredos[editar | editar código-fonte]

  • 1969 "Bairro quinze não é mau assim" campeã
  • 1970 "apolo onze - O homem na lua¨ Campeã
  • 1971 "Placido de Castro" Compositor Antonio Fraga vice-campeã
  • 1972 "Santos D'umont" compositor Benicio Machado de Aquino - Campeã
  • 1973 Não houve desfile
  • 1974 A Escola não desfilou
  • 1975 "Abolição da escravatura" compositor Antonio Fraga - Campeã
  • 1976 ?
  • 1977 ?
  • 1978 ?
  • 1978 ?
  • 1981 "Exaltação ao Bairro Quinze" Compositor Genildo Fraga - campeã
  • 1982 " Compositor Antonio Fraga - campeã
  • 1983 a escola não desfilou
  • 1984 "
  • 1985 "Lembranças que deixaram saudades" compositor Genildo Fraga - campeã
  • 1986 "Luizão Eterno rei do nosso coração" - Vice-campeã
  • 1987 "imigração" campeã
  • 1988 não houve desfile
  • 1989 não houve desfile
  • 1990 "De Santinho a Almir Dankar" compositor Genildo Fraga - Vice campeã
  • 1988 - "Exaltação a Plácido de Castro"
  • 1998 - "Egito: o Berço das Civilizações"[2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.