Unidos do Shangai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Unidos do Shangai
Fundação agosto de 1988 (31 anos)[1][2]
Cores verde e rosa[2]
Bairro Jardim Shangai

O GRES Unidos do Shangai[2] é uma escola de samba de Campinas. Foi fundado no bairro Jardim Shangai em agosto de 1988 por Paulo Gomes da Silva. A escola nasceu a partir do bloco carnavalesco "Caçulas do Samba", com 200 componentes, que desfilava dentro do bairro. Foi feita uma votação entre os participantes do bloco, que optaram por transformá-lo em escola de samba.

A agremiação já participou de 19 desfiles e a mais importante vitória foi sua subida do Grupo de Acesso para o Grupo Especial em 2004. Neste Grupo, a escola ainda não teve nenhum título. Ela é mantida pela própria comunidade do Jardim Shangai.

Esteve ausente dos desfiles oficiais em 2009, mas em 2010 esteve no Grupo Especial e obteve o vice-campeonato.[3] [4] Novamente, foi vice-campeã em 2011.[5][6]

Referências

  1. «Unidos do Shangai». Portal Brasil Carnaval. Consultado em 6 de maio de 2013. Cópia arquivada em 22 de fevereiro de 2009 
  2. a b c Tiago Freitas (13 de fevereiro de 2013). «Cinco escolas de samba fecham desfiles carnavalescos em Campinas». Prefeitura de Campinas. JusBrasil. Consultado em 1 de abril de 2013 
  3. 20/02/2010. «Rosas de Prata é campeã do Carnaval em Campinas». Consultado em 20 de fevereiro de 2010. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2010 
  4. Fábio Gallaci, da Agência Anhanguera. «Rosas de Prata é campeã do Carnaval de Campinas». Consultado em 20 de fevereiro de 2010. Arquivado do original em 18 de abril de 2010 
  5. Ricardo Fernandes/ Portal RAC (10 de março de 2011). «Rosa de Prata é bicampeã do Carnaval de Campinas - Integrantes "invadem" rua Guilherme da Silva para comemorar o bicampeonato; quatro quarteirões congestionados». Consultado em 14 de março de 2011. Arquivado do original em 14 de março de 2011 
  6. Prefeitura de Campinas (7 de março de 2011). «Acadêmicos do Amarais e Unidos do Grajaúna levantam público na arquibanca» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]