Uzbeg Khan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Sultão Mohammed Öz-Beg, mais conhecido como Uzbeg (12821341, reinado: 13121341), foi um Khan da Horda Azul, sob o qual atingiu o seu apogeu. Foi sucedido pelo seu filho Jani Beg.

Öz-Beg assumiu o trono após a morte do seu tio Tokhta em janeiro de 1313. A sua adoção do Islão como religião do Estado levou a uma conspiração de príncipes xamanistas, que foram severamente subjugados. Com o passar do tempo, o Islão ajudou o khan a eliminar conflitos entre as inúmeras facções da Horda e a estabilizar as instituições do Estado.

Öz-Beg manteve um dos maiores exércitos do mundo, passando de 300.000 guerreiros. Ele empregou o seu poder militar nas campanhas contra o Ilcanato, no Arran, em 1319 e 1335. Após encontrar aliados contra os Ilkhanidas, os Mamelucos do Egito, uma praça do Cairo foi nomeada em sua homenagem. Seu nome foi imortalizado sob o povo uzbeque e o país no qual eles vivem, Uzbequistão.

Com respeito às relações com a Rússia, Öz-Beg aliou-se aos príncipes de Moscou (Jorge e o sucessor dele, João Calita) contra os príncipes de Tver. Três deles, Miguel de Tver, o seu filho Alexandre e o seu neto Teodoro, foram mortos em Sarai sob a escolta de Öz-Beg. A revolta de Tver contra a Horda foi terrivelmente suprimida por forças moscovitas e Tártaras em 1327.

Precedido por
Toqta
Khan da Horda Azul
13121341
Sucedido por
Jani Beg
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.