Válvula diafragma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2013).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

As válvulas diafragma (ou válvulas de membrana) são constituídas por um corpo de válvula com duas ou mais portas, um diafragma e uma "sela" ou assento em que o diafragma fecha a válvula. A válvula é construída a partir de plástico ou aço.

Originalmente, a válvula de diafragma foi desenvolvido para uso em aplicações não-higiênicas. Posteriormente, o projeto foi adaptado para uso na indústria bio-farmacêutica, utilizando materiais compatíveis que podem suportar métodos de higienização e esterilização.

As válvulas diafragma podem ser manuais ou automatizadas. Suas aplicações geralmente são como válvulas de corte em sistemas de processo de alimentos, bebidas, farmacêuticos e biotecnológicos.

A geração mais antiga destas válvulas não são adequadas para regular e controlar os fluxos de processo, porém novos desenvolvimentos nesta área têm enfrentado com sucesso esse problema.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]