Vardanduxt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vardanduxt
Rainha consorte armênia
Governo
Dinastia Arsácida
Vida
Pai Manuel Mamicônio
Mãe Vardanoixe[1]

Vardanduxt (fl. 378-385/386) foi uma nobre armênia, que através do matrimônio, tornou-se rainha consorte da Armênia no século IV. É conhecida como a esposa de Ársaces III (r. 378–389),[nt 1] que serviu como o último rei cliente romano da Armênia arsácida. Foi a filha do sparapet (comandante-em-chefe) Manuel Mamicônio, um membro da rica, poderosa e pró-romana família Mamicônio[6] e de mãe desconhecida; segundo Christian Settipani a esposa de Manuel chama-se Vardanoixe.[1]

Em 378, com a morte de seu tio paterno Muchel I Mamicônio, Manuel entra em guerra contra o então rei Varasdates (r. 374–378), que acaba sendo derrotado e expulso da Armênia.[5] Seu pai assume a posição de regente e proclama Zarmanduxt, viúva do rei Papas (r. 370–374), como rainha reinado e seus filhos Ársaces III e Vologases III como governantes associados.[7] Com o fim da anarquia política no país, Manuel casou Ársaces III com Vardanduxt[8] e seu irmão com a filha dum membro da família Bagrátida.[9] [nt 2] Vardanduxt é mencionada pela última vez quando esteve, junto com Ársaces, no leito de morte de seu pai.[6] Esse fato ocorreu em 385/[11] 386.[12]

Notas

  1. Não há consenso entre as fontes para o fim do reinado de Ársaces III, havendo três datas defendidas: 387,[2] 389[3] [4] e 390.[5]
  2. Vahan M. Kurkjian alega que essa Bagrátida seria filha de um Isaac (Sahak).[10]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dédéyan, Gérard (2007). História do povo armênio (Tolosa: Éd. Privat). ISBN 978-2-7089-6874-5. 
  • Hovannisian, Richard G. (2004). Armenian People from Ancient to Modern Times. vol. I: The Dynastic Periods: From Antiquity to the Fourteenth Century (Nova Iorque: Palgrave Macmillan). ISBN 978-1-4039-6421-2. 
  • Lenski, Noel Emmanuel (2002). Failure of Empire: Valens and the Roman State in the Fourth Century A.D. (Berkeley e Los Angeles: California University Press). ISBN 978-0-520-23332-4. 
  • Sarkisyanz, Manuel (1975). A Modern History of Transcaucasian Armenia: Social, Cultural, and Political Brill (Distribution) [S.l.] 
  • Settipani, Christian (2006). Continuidade das elites em Bizâncio durante a idade das trevas. Os príncipes caucasianos do império dos séculos VI ao IX (Paris: de Boccard). ISBN 978-2-7018-0226-8. 
  • Toumanoff, Cyril (1990). As dinastias do Cáucaso cristão: da Antiguidade ao século XIX: tabelas genealógicas e cronológicas (Roma [s.n.]).