Via ferrata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Via ferrata, La Clusaz (Fr)

A Via ferrata é um itinerário preparado nas paredes rochosas da montanha - com escadas, cabos, pitões etc. - destinado a facilitar a progressão e optimizar a segurança dos montanhistas.

Com 7 graus de dificuldade que vão de Fácil a Extremamente difícil, pode ser acessível a um pedestranista em boa forma ou então a um montanhista experimentado.

Origem[editar | editar código-fonte]

Tudo começou em 1880 quando os guias alpinos de Madonna di Campiglio, Itália, prepararam a vertente oriental do cume da Brenta para facilitar a passagem dos seus clientes. A ideia foi bem acolhida pelo exército italiano que resolveu equipar também as passagens escarpada nas Dolomitas a fim de permitir às tropas alpinas de transportar material militar de uma guarnição a outra.[1]

O princípio foi depois utilizado nos países da Europa onde a prática do alpinismo é corrente, mas democratizou-se na França e na Suíça a partir de 1900.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Listas[editar | editar código-fonte]

Listas na wiki franêsa e na italiana de Vias ferrata

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]