Vibrato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Técnica sendo executada

A técnica denominada vibrato (expressão de origem italiana, literalmente traduzida como vibrado) consiste na oscilação de uma corda de um instrumento musical, utilizando-se um dedo, produzindo assim um som diferenciado, "vibrante", como sugere o nome. Esta técnica é também utilizada com a família do violino (violino, viola, violoncelo, contrabaixo) ou seja, de uma forma geral, em outros instrumentos de cordas.

Pode ser também aplicado em instrumentos de sopro, através da vibração do diafragma.

Vibrato Vocal[editar | editar código-fonte]

A voz humana tem um vibrato natural. Este vibrato está frequentemente ausente em cantores não treinados - aparecendo só durante o treino - mas é natural no sentido em que ele emerge sem ser ensinado explicitamente e não é causado pela variação deliberada do passo e também no sentido em que cantar sem o vibrato natural é relativamente cansativo para a voz (causando rouquidão). Um vocalista treinado pode deliberadamente alterar ou suprimir o vibrato natural para razões artísticas.

O controle do vibrato é estuda principalmente no canto popular onde ele é empregado de diversas formas, dependendo muito do estilo musical escolhido pelo artista. É possível treinar tanto o vibrado que se baseia na variação sutil na emissão das notas quanto o vibrato diafragmático que foca no fluxo de ar e intensidade do som emitido. Existem no Brasil diversos especialistas no estudo do canto popular capazes de treinar pessoas sem nenhum vibrato ou com um vibrato descontrolado para que estas possam utilizar esta técnica da melhor maneira possível.

O vibrato correto, tem por característica estar na mesma frequência do andamento da peça em execução, para que não soe como algo descontrolado. Sua aplicação está ligada ao bom senso, não havendo regras explicitas para sua utilização.

Vibrato nos instrumentos[editar | editar código-fonte]

Violino/Viola/Violoncelo[editar | editar código-fonte]

O vibrato, técnica largamente usada no violino, pode ser efetuado de tres simples formas:

  • Vibrato de Pulso: O ombro e os dedos do instrumentista permanecem parados, enquanto a mão e o braço giram (tremem) rapidamente da esquerda pra direita, fazendo com que os dedos alterem sua posição sobre as cordas, fazendo o vibrato.
  • Vibrato de Braço: A mão e os dedos permanecem parados, enquanto todo o braço do violinista mexe, fazendo com que toda a mão e os dedos mexam um pouco, fazendo o vibrato.
  • Vibrato de Dedo: Apenas os dedos mexem. Porém, como é praticamente impossível mexer os dedos pros lados, a técnica baseia-se em alterar a pressão exercida sobre as cordas pelos dedos. O dedo aumenta e diminui sua força sobre a corda, aumentando e diminuindo a tensão da corda, causando o vibrato.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.