Victor Sjöström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Victor Sjöström

Victor Sjöström (Silbodal, 20 de setembro de 1879Estocolmo, 3 de janeiro de 1960) foi um ator e cineasta sueco.[1]

Foi, juntamente com Mauritz Stiller, uma das grandes figuras do cinema mudo na Suécia.
Entre as suas obras marcantes estão as filmatizações da obra de Selma Lagerlöf - Ingmarssönerna (1919) e Körkarlen (1921).
No período de 1923-1930, trabalhou como realizador nos Estados Unidos da América, com o nome de Victor Seastrom.
É de Sjöström a primeira adaptação do livro The Scarlet Letter.
O seu último papel como ator foi como protagonista do filme Morangos Silvestres (1957), dirigido por Ingmar Bergman.[1]

Referências

  1. a b Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Victor Sjöström». Bonniers uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag). p. 891. ISBN 91-0-011462-6. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.