Victor Sjöström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Victor Sjöström
Nome nativo Victor David Sjöström
Nascimento 20 de setembro de 1879
Årjäng
Morte 3 de janeiro de 1960 (80 anos)
Estocolmo
Sepultamento Norra begravningsplatsen
Cidadania Suécia
Ocupação diretor de cinema, ator, roteirista, realizador, ator de cinema, ator de teatro

Victor Sjöström (Silbodal, 20 de setembro de 1879Estocolmo, 3 de janeiro de 1960) foi um ator e cineasta sueco.[1]

Foi, juntamente com Mauritz Stiller, uma das grandes figuras do cinema mudo na Suécia.
Entre as suas obras marcantes estão as filmatizações da obra de Selma Lagerlöf - Ingmarssönerna (1919) e Körkarlen (1921).
No período de 1923-1930, trabalhou como realizador nos Estados Unidos da América, com o nome de Victor Seastrom.
É de Sjöström a primeira adaptação do livro The Scarlet Letter.
O seu último papel como ator foi como protagonista do filme Morangos Silvestres (1957), dirigido por Ingmar Bergman.[1]

Referências

  1. a b Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Victor Sjöström». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 891. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.