Vila Cova de Perrinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Vila Cova de Perrinho 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização no Concelho de Vale de Cambra
Localização no Concelho de Vale de Cambra
Brasão de armas de Vila Cova de Perrinho
Brasão de armas
Vila Cova de Perrinho está localizado em: Portugal Continental
Vila Cova de Perrinho
Localização de Vila Cova de Perrinho em Portugal Continental
Coordenadas 40° 53' 33" N 8° 23' 17" O
Concelho primitivo Vale de Cambra
Concelho (s) atual (is) Vale de Cambra
Freguesia (s) atual (is) Vila Chã, Codal e Vila Cova de Perrinho
Fundação 6 de Agosto de 1940
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 4,44 km²
População (2011)
 - Total 409
    • Densidade 92,1 hab./km²
Orago São João Baptista (24 de Junho)

Vila Cova de Perrinho foi uma freguesia portuguesa do concelho de Vale de Cambra, com 4,44 km² de área[1] e

409 habitantes (2011).[2] A sua densidade populacional era 92,1 hab/km².

Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2013,[3] sendo o seu território integrado na freguesia de Vila Chã, Codal e Vila Cova de Perrinho.

A antiga freguesia de São João Baptista de Vila Cova de Perrinho, no termo da vila de Bemposta, era curato anexo à freguesia de Macieira de Cambra. Estando anexada para efeitos administrativos à freguesia de Carregosa, foi anexada à de Codal por alvará de 21 de fevereiro de 1903.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Situada na extremidade norte do concelho, Vila Cova de Perrinho era a segunda mais pequena do concelho de Vale de Cambra.

A antiga freguesia de Vila Cova tem uma enorme cumplicidade com a história do Reino de Portugal.[vago] É um dos locais povoados mais antigos da Península Ibérica.[carece de fontes?] Devido às suas características geográficas permitiram que, nos primórdios da humanidade, a as primeiras sociedades recolectoras se começassem a fixar neste território.34

É no planalto mais alto de Vila Cova de Perrinho (Rossio - situado a 550 metros de altitude) que se instala o "Castro de Cambra". O Castro de Cambra, um dos maiores do norte de Portugal, estava localizado num sitio estratégico, pois havia muita abundância de água, terrenos férteis e um rápido contacto com a floresta pois, esta permitia o acesso a madeira e pequenas plantas de recoleção.

De acordo com as escavações arqueológicas feitas, na última década do século XX foram encontrados no Rossio (junto a uma exploração agrícola (estufas), diversos artefactos datados da Idade do Bronze que se encontram no Museu da Arqueologia em Lisboa. De entre os artefactos, salienta-se: machados, peças em cerâmica, pequenos peças de ornamentação feminina, entre outros.[carece de fontes?]

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes residentes[4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
202 212 251 276 460 488 494 509 486 459 409

Por decreto de 21/11//1895 foi anexada à freguesia de Carregosa, do concelho de Oliveira de Azeméis. Por alvarã de 21/02/1903 foi anexada à freguesia de Codal. Pelo decreto lei nº 30.633, de 06/08/1940, foi desanexada da freguesia de Codal, passando a ser freguesia autónoma.

Gráfico da Evolução populacional desde 1950[editar | editar código-fonte]

Distribuição da População por Grupos Etários [5]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 68 45 253 93 14,8% 9,8% 55,1% 20,3%
2011 41 50 215 103 10,0% 12,2% 52,6% 25,2%
460.994x460.994px

Lugares da Freguesia[editar | editar código-fonte]

  • Rossio
  • Pena
  • Rio
  • Carvalhal do Chão
  • Meio d`Aldeia
  • Devesa
  • Cimo d`Aldeia
  • Fundo d`Aldeia
  • Viso da Mó

População actual por lugar (2018)[editar | editar código-fonte]

Tabela da População actual (Julho de 2018) 340 habitantes
Lugar N.º de Habitantes % da população
Rossio 72 21.18%
Pena 24 7.06%
Rio 19 5.56%
Carvalhal do Chão 22 6.47%
Meio d`Aldeia 64 18.82%
Devesa 36 10.58%
Cimo d`Aldeia 27 7.94%
Fundo d´Aldeia 33 9.71%
Viso da Mó 43 12.64%

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de São João Baptista (matriz)
  • Cruzeiro
  • Casa setecentista junto à igreja
  • Casas dos Padres e do Engenho do Linho
  • Pisão dos Lagos
  • Núcleo de moinhos de água

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições Autárquicas de 1993 para a Junta de Freguesia[6]

Resultados Eleitorais
Partido Votos % de Votos Mandatos
CDS/PP 231 59.54% 4
PPD/PSD 128 32.99% 3
PS 19 4.90%
PCP/PEV 3 0.77%

Eleições autárquicas de 1997 para a Junta de Freguesia[7]

Resultados Eleitorais
Partido Votos % de Votos Mandatos
CDS/PP 227 58.06% 5
PPD/PSD 106 27.11% 2
PS 44 11.25%

Eleições Autárquicas de 2001 para a Junta de Freguesia[8]

Resultados Eleitorais
Partido Votos % de Votos Mandatos
CDS/PP 191 49.74% 4
PPD/PSD 183 47.66% 3

Eleições Autárquicas de 2005 para Junta de Freguesia

Resultados Eleitorais
Partido Votos % de Votos Mandatos
PPD/PSD 216 56.89% 4
CDS/PP 105 27.56% 3
PS 38 9.97%
PCP/PEV 11 2.89%

Cultura[editar | editar código-fonte]

Rancho Folclórico "A Primavera" de Vila Cova de Perrinho

Teve a sua fundação em 24 de junho de 1958, atuando em público pela primeira vez na sua freguesia, na festa em honra do padroeiro São João Baptista. É assim, o mais antigo Rancho Folclórico do concelho de Vale de Cambra e um dos mais antigos no país. É sócio fundador da Federação do Folclore Português e filiado no INATEL, e a sua ação centra-se na divulgação da etnografia e folclore da sua região.

Esta freguesia está inserida numa zona de transição entre o litoral e interior. Assim, após várias e apuradas recolhas dos usos e costumes, o Rancho “A Primavera” apresenta, trajes, actividades laborais, e as danças e cantares d’entre os fins do Séc. XIX e os meados do Séc. XX. Exibindo assim este património cultural de características serranas mas também com “vestígios” da zona litoral “vareira”. Devido fundamentalmente a intercâmbios de cultura e comércio, por exemplo nas feiras e romarias em que estas gentes eram frequentadores comuns.

De entre os trabalhos que se faziam nesta terra o Rancho retracta com o maior rigor os do “ciclo do linho”, demonstrando como se faziam os linhares e as espadeladas, com as tradicionais cantadas á moda antiga a duas vozes “cantar e voltar”, onde não faltavam os serandeiros. Em todas s suas exibições apresenta de uma forma retrospectiva, uma pequena encenação destes trabalhos que não deixam indiferentes quem assiste. Pois para quem os recorda, lá com a lágrima no canto olho, muito aplaude.

Para além de outros eventos tem participado em centenas de actuações, e nomeadamente festivais nacionais e internacionais, em Portugal e no estrangeiro.

É composto por 10 pares dançantes, 1 viola braguesas, 3 cavaquinhos, 1 violão, 1 concertina, 2 acordeões, 1 bombo, ferrinhos, 1 cantador e 3 cantadeiras e um bom coro.

Organiza o seu Festival de Folclore anual ” LINHAR “, bem como várias actividades ligadas à cultura popular: Desfolhadas, Ciclo do linho e Magusto e outros convívios de índole popular.

Referências

  1. IGP (2012). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2012.1» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1. Instituto Geográfico Português. Consultado em 30 de julho de 2013.. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2013 
  2. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_NORTE". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013.. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2014 
  3. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  6. Portugal, Rádio e Televisão de. «Distrito Aveiro, concelho Vale de Cambra, freguesia Vila Cova de Perrinho, Resultados do ano 1993, Eleições Autárquicas , RTP Notícias». www.rtp.pt. Consultado em 18 de julho de 2018. 
  7. Portugal, Rádio e Televisão de. «Distrito Aveiro, concelho Vale de Cambra, freguesia Vila Cova de Perrinho, Resultados do ano 1997, Eleições Autárquicas , RTP Notícias». www.rtp.pt. Consultado em 12 de julho de 2018. 
  8. Portugal, Rádio e Televisão de. «Distrito Aveiro, concelho Vale de Cambra, freguesia Vila Cova de Perrinho, Resultados do ano 2001, Eleições Autárquicas , RTP Notícias». www.rtp.pt. Consultado em 12 de julho de 2018.