Vosgos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a cadeia montanhosa. Para a divisão administrativa, veja Vosges (departamento).

Vosgos[1][2][3] (em francês: Vosges; em alemão: Vogesen) são uma cadeia de montanhas na Europa centro-ocidental, estendendo-se ao longo da margem oeste do Vale do Reno na direção nor-nordeste, da Basileia a Mainz, por uma distância de aproximadamente 250 km.

Localização dos Vosgos

De 1871 a 1918 a parte sul, do Ballon d'Alsace ao Mont Donon, estabeleceu a fronteira entre a França e a Alemanha. Nota-se uma importante semelhança entre os Vosgos e a cadeia de montanhas do lado oposto do Reno, que forma a Floresta Negra no lado alemão: ambas as cordilheiras situam-se aproximadamente nas mesmas longitude e latitude e têm a mesma formação geológica; ambas são caracterizadas por florestas de coníferas nas suas altitudes mais baixas e apresentam regiões adaptadas ao pasto e picos arredondados em altitudes um pouco mais elevadas; ambas têm uma caída abrupta em direção ao Reno e uma descida gradual do lado oposto.

Geologia[editar | editar código-fonte]

Paisagem típica dos Vosgos

Os Vosgos foram criados na era Terciária, sendo muito mais baixos do que os Alpes. Seu ponto culminante é o Grand Ballon (antigamente Ballon de Guebwiller), ou Ballon de Soultz (1424 m). O termo ballon (balão) é o nome usual das montanhas dos Vosgos, provavelmente em razão da erosão que arredonda os pontos mais elevados da cadeia de montanhas.

Os Vosgos faziam parte de um conjunto mais vasto que foi dividido em dois no momento da criação da falha renana. Isto resultou na situação atual, com o vale do Reno cercado a oeste pelo maciço dos Vosgos e a leste pela Floresta Negra na Alemanha.

A parte sul do maciço faz parte do Parque Natural Regional dos Ballons dos Vosgos e a extremidade setentrional constitui o Parque Natural Regional dos Vosgos do Norte.

Pontos culminantes[editar | editar código-fonte]

Os pontos culminantes são:

lista à qual se juntam os principais picos:

(kopf significando cabeça em alemão e em alsaciano).

Referências

  1. Gonçalves, Rebelo (1947). Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa. Coimbra: Atlântida - Livraria Editora. p. 339, 361 
  2. Machado, José Pedro. Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa. 3.º N-Z 2.ª ed. [S.l.]: Livros Horizonte/Editorial Confluência. ISBN 972-24-0845-3 
  3. Gradim, Anabela (2000). «9.7 Topónimos estrangeiros». Manual de Jornalismo. Covilhã: Universidade da Beira Interior. p. 167. ISBN 972-9209-74-X. Consultado em 27 de março de 2020 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vosgos
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.