Campo de Khodynka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Campo de Khodynka.

Campo de Khodynka (em russo: Ходынское поле, Khodynskoye pole) é um grande espaço aberto no noroeste de Moscou, no começo da Avenida Leningradsky. Leva esse nome do pequeno Rio Khodynka, que atravessava os arredores. Os principais edifícios do campo, incluem quartéis militares do século XIX e o Hospital Botkin, o maior de Moscou na época de sua inauguração em 1910.

Khodynka foi o lugar do primeiro vôo russo, e teve um aeroporto em uso até o final da década de 1980. O Museu Nacional do Ar e Espaço se localiza em Khodynka.

Primeiro a ter um aeroporto, Khodynka foi usado para celebrar ocasiões de estado. Em junho de 1883, a coroação de Alexandre III aconteceu em Khodynka. O evento foi coordenado por Mikhail Lentovsky e incluiu quatro teatros, um circo, corais de fantoches e orquestras. No ponto central foi feita uma procissão alegórica intitulada A Primavera é Bela. Em maio de 1896, o lugar foi utilizado para a malfadada coroação do czar Nicolau II. Um tumulto causado por rumores de que havia falta de canecas, que seriam distribuídas como lembrança pela coroação, resultou em mais de 1000 (algumas fontes dizem 1500) mortes. (ver Tragédia de Khodynka.)