Canivete Butterfly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Canivete butterfly

Canivete butterfly ou canivete borboleta (em inglês: butterfly knife, balisong - "o chifre quebrado" - ou batangas knife) , é um canivete/faca de bolso originário das Ilhas Filipinas que possui dois cabos que giram no sentido anti-horário, e se encontram na base para formarem o cabo completo quando juntas.

A lâmina, quando o canivete está fechado, se encontra dentro dos cabos, que são vazados por dentro para comportar a lâmina, metade em cada cabo. Quando o canivete está aberto, a lâmina fica sobre as duas metades do cabo, formando a aparência de uma faca.

Essa faca é usada nas artes marciais, mais especificamente nas artes marciais filipinas. É usado com exclusividade pelos praticantes de eskrima por serem pequenas e de rápido manuseio.

Movimentos chamados flipping são os movimentos característicos desse tipo de canivete que são utilizados para abrir o canivete, e exibir a lâmina rapidamente.

É proibida a venda em alguns países pelo mesmo motivos das facas por ação de mola(que ativam ao pressionar um botão). Seu saque é rápido e a lâmina fica escondida entre os cabos. Porém, não são proibidas a fabricação.

Possuir um canivete, no Brasil, não leva a prisão. Porém, quando utilizado para ferir, encaixa-se como arma branca: "Art. 3º XI – arma branca: artefato cortante ou perfurante, normalmente constituído por peça em lâmina ou oblonga;"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Canivete Butterfly
Ícone de esboço Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.