Cinco elementos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Março de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde março de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Wiccan five elements 1.PNG

Segundo a crença pagã, tudo o que foi criado, o macrocosmo e o microcosmo, formou-se através dos cinco elementos.

Akasha[editar | editar código-fonte]

O Akasha é o princípio original, espaço cósmico, o éter dos antigos, o quinto elemento cósmico (quintessência), a quinta ponta do pentagrama.

É o substrato espiritual primordial, aquele que pode se diferenciar. Segundo a teosofia, relaciona-se com uma força chamada Kundalini. Eliphas Levi o chamou de luz astral.

No paganismo, o Akasha, também chamado de Princípio Etérico, corresponde ao espírito, à força dos Deuses. É representado no Hermetismo, segundo Franz Bardon, pelo Ovo negro, sendo um dos cinco Tattwas constituintes do Universo.

No Ocultismo, O Akasha é visto como o elemento que deu origem a todos os outros elementos e tudo que existe no universo, Imperator Fenix escreveu em suas monografias que o Akasha é a chave para todos os segredos do universo, tendo ele dado origem a tudo que existe, existiu ou existirá.

Fogo[editar | editar código-fonte]

Elemental: Salamandras

O fogo é considerado um símbolo sagrado na maioría das religiões, incluindo o Hinduísmo, Cristianismo, Judaísmo, Islamismo, Xintoísmo e Wicca.

Quase todos os rituais religiosos são realizados na presença deste elemento. Seja em forma de fogueiras, ou mesmo simplesmente representado por uma vela, o fogo possui um misticismo que envolve quase todas as crenças.

Ar[editar | editar código-fonte]

Elemental: Silfos ou Sílfides

O ar é considerado um símbolo sagrado na maioria das religiões, incluindo o Hinduísmo, Cristianismo e Wicca.

O ar é um dos "tatwas" (cinco elementos básicos da natureza). Na religião Wicca o ar é tido como um dos símbolos do Grande Deus, assim como o incenso e as penas.

Água[editar | editar código-fonte]

Elemental: Ondinas

A Água é considerada um símbolo sagrado na maioría das religiões, representada geralmente em receptáculos (como taças) ou simplesmente por um rio, lago ou mar (nas cerimônias realizadas na natureza). A água possui um misticismo que envolve quase todas as crenças.

Terra[editar | editar código-fonte]

Elemental: Gnomos

Segundo a mitologia pagã, o elemento terra foi o último dos elementos a se formar, pois pela sua principal característica, a solidificação, ela integra em si o fogo, a água e o ar. Foi essa característica, segundo a crença pagã, que conferiu uma forma concreta aos outros três elementos. É tida como um dos símbolos da Grande Deusa, assim como o pentagrama e o sal.

Breve descrição[editar | editar código-fonte]

De acordo com a doutrina pagã, os quatro elementos mais densos foram originados do princípio akáshico. Por isso o Akasha é o princípio original; correlacionando os Cinco Elementos com o pentagrama, o Akasha seria a 5º ponta do pentagrama (a ponta apontada para cima), aquela que representa o espírito divino, a chamada quintessência.

Todo elemento possui duas polaridades:

Ativa: Plus (Mais - construtiva, criadora, geradora)
Passiva: Minus (Menos – destrutiva, desagregadora, exterminadora).

O maniqueísmo não está presente nas religiões pagãs, não existindo, portanto o conceito de bem e mal definido da mesma maneira como existe hoje na sociedade monoteísta.

Quanto aos cinco elementos citados, deve-se acrescentar que não se tratam de fogo, água, ar e terra comuns (que são tidos apenas como aspectos do plano material denso), mas sim de características universais dos cinco elementos.

Simbolismo[editar | editar código-fonte]

Pentagrama.

Ciências Herméticas[editar | editar código-fonte]

Espírito; representado pelo Ovo negro
Fogo (Tejas); representado pelo Triângulo Vermelho
Ar (Waju); representado pelo Círculo Azul
Água (Apas); representado pela lua Crescente
Terra (Prithivi); representado pelo Quadrado Amarelo

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

BARDON, Franz - Magia Pratica: O Caminho do Adepto (ISBN 8571871175)