Dilatação anal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Dilatação anal consiste na abertura até o máximo possível do ânus, com auxílio do pênis ou qualquer objeto que tenha a forma adequada para penetração anal, tanto em homens como em mulheres.

Também um eczema atópico pode ser tratado com um alongamento anal.[1]

Conceito[editar | editar código-fonte]

No cinema pornô atual é cada vez mais frequente esse fetiche conhecido como stretching, de mostrar mulheres sendo penetradas por pênis grandes e grossos, ou por vibradores imensos, ou até mesmo tacos de baseball, e abrir bem o ânus, e tudo isso com um sorriso no rosto da atriz pornô. Além disso a internet popularizou a prática conhecida como fist fucking, que consiste na penetração do punho no ânus, vagina ou até mesmo na boca. O fist fucking é possivelmente o principal fetiche relacionado à dilatação.

Hoje, a maioria dos sites pornôs já conta com categorias que mostram mulheres praticando a dilatação com objetos variados, desde a própria mão a frutas, garrafas, inclusive instrumentos utilizados em genecologia, como os espéculos. Muitas mulheres que praticam a dilatação anal utilizam, mesmo durante o dia a dia, plugues anais durantes suas atividades.

A dilatação anal exagerada pode trazer algumas consequências, como a perda de controle da musculatura anal.

A dilatação anal em homens também começa a ganhar adeptos, cada vez mais existem filmes de homens sendo penetrados tanto por outros homens como por mulheres que prendem vibradores na cintura, e consequentemente dilatando-o para se mostrar para a câmera.

Principais nomes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kongressbericht: Abszess, Fistel und Fissur (PDF-Datei; 219 kB), CHAZ, 2005
Ícone de esboço Este artigo sobre pornografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.