Gazua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lock picking)
Ir para: navegação, pesquisa

Gazua é o termo usado para se referir a uma ferramenta qualquer que tenha por função fazer funcionar fechaduras e cadeados.[1] [2] [3] [4] Por ser instrumento usualmente empregado na prática do crime[5] de furto, sua fabricação, cedência e venda são proibidos no Brasil, com pena de prisão simples de 6 meses a 2 anos, e multa.[6] [7] Na época do Brasil Império era proibido inclusive portar uma.[8]

Referências

  1. LEI DE CONTRAVENÇÕES PENAIS (LCP) – Decreto Lei 3.688/41 (DOC) 3 pp. UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA. Visitado em 5 de outubro de 2013. "Gazua - instrumento apto a fazer funcionar fechadura, cadeado, etc."
  2. artigos.com/artigos/anotacoes-sobre-o-crime-de-furto-qualificado-pelo-emprego-de-chave-falsa/58426/ ANOTAÇÕES SOBRE O CRIME DE FURTO QUALIFICADO PELO EMPREGO DE CHAVE FALSA Webartigos (3 de fevereiro de 2011). Visitado em 5 de outubro de 2013. "a gazua, isto é, qualquer dispositivo (gancho, grampo, chave de feitio especial) usualmente empregado pelos gatunos, para abertura de tal ou qualquer espécie de fechadura ou de fechaduras em geral"
  3. Lenílson Antunes. Um nerd chamado Guilherme - Primeira Parte 61 pp. Google Livros. Visitado em 5 de outubro de 2013. "Enfiou a primeira gazua na fechadura. Não resolveu nem a primeira, nem a segunda e nem a terceira. Somente na quarta tentativa, usando duas diferentes gazuas, simultaneamente, finalmente ouviu o ranger da lingueta do cilindro soltando-se da trava. Rodou a maçaneta da porta e puxou-a para si."
  4. Neuci Gonçalves. Arquitetura de Palavras 23 pp. Google Books. Visitado em 15 de outubro de 2013. "Alguma vezes, chegou até a entrar à noite na secretaria da escola para arrombar com uma gazua o armário dos professores e copiar as questões das provas."
  5. DA MÃO DE OBRA ESCRAVA AO IMIGRANTE JAPONÊS (PDF) UFMS 116 pp. (2 a 6 de outubro de 2006). Visitado em 5 de outubro de 2013. "Segundo Célia Maria Marinho de Azevedo (2004), havia aqueles que definiram os imigrantes como perturbadores da paz publica, uma vez que ao invés de trazerem instrumentos agrícolas, eles vinham munidos com os instrumentos do crime: a gazua e o serrote, além dos instrumentos destruidores, como o revólver, a navalha e outros."
  6. Comentários à lei de contravenções penais (Decreto-lei 3.688/41) (PDF) FACULDADES INTEGRADAS HÉLIO ALONSO 11 pp. (2012). Visitado em 5 de outubro de 2013. "Art. 24 - Fabricar, ceder ou vender gazua ou instrumento empregado usualmente na prática de crime de furto: Pena - prisão simples, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa."
  7. MATÉRIA : DIREITO PENAL (PDF) ESCOLA SUPERIOR DE SOLDADOS “CORONEL PM EDUARDO ASSUMPÇÃO” 51 pp. (junho de 2011). Visitado em 15 de outubro de 2013. "Art. 24 – Fabricar, ceder ou vender gazua ou instrumento empregado usualmente na prática de crime de furto; Pena – prisão simples, de seis meses a dois anos, e multa."
  8. CARLOS ANTONIO CORDEIRO (1858). ABCEDARIO JURIDICO Google Nooks. Visitado em 6 de outubro de 2013. "Gazua. — Fabricar gazua, ou trazer comsigo de dia ou de noite gazua, é crime. Cod. crim, art. 300."