N para N

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de N para M)
Ir para: navegação, pesquisa

No modelo relacional de bases de dados, é usada qualquer uma das expressões N para N, muitos-para-muitos (many-to-many), ou N:N (as vezes também expressa como N:M), para referir um dos tipos de relacionamentos que se podem estabelecer entre os campos de duas tabelas: para cada valor do campo de uma tabela, pode haver N valores no campo da outra tabela e vice-versa.

Em bancos de dados relacionais, esta relação consuma-se através de uma tabela de ligação que faz a correspondência de ambos os lados com relacionamento 1 para N para cada lado. A chave primária surge de forma natural, e é composta pela junção das chaves primárias das tabelas interligadas.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • Um professor tem várias turmas, e cada turma tem vários professores
  • Um pedido de compra pode ter várias mercadorias, e um tipo de mercadoria pode ser listada em vários pedidos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.