O Fantasma da Ópera (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Phantom of the Opera
O Fantasma da Ópera (PT/BR)
Pôster oficial do filme.
 Estados Unidos Reino Unido
2004 • p&b / cor • 143 min 
Direção Joel Schumacher
Produção Andrew Lloyd Webber
Roteiro Andrew Lloyd Webber
Joel Schumacher
Baseado em O Fantasma da Ópera de Andrew Lloyd Webber
Elenco Gerard Butler
Emmy Rossum
Patrick Wilson
Miranda Richardson
Minnie Driver
Gênero Drama / Musical / Romance
Idioma Inglês / Francês / Italiano / Espanhol
Música Andrew Lloyd Webber
Cinematografia John Mathieson
Edição Terry Rawlings
Estúdio Really Useful Films
Joel Schumacher Productions
Odyssey Entertainment
Scion Films
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento 10 de dezembro de 2004 (Reino Unido)
21 de janeiro de 2005 (Estados Unidos)
Orçamento US$ 70 milhões[1]
Receita US$ 154.648.887[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Phantom of the Opera (br / pt: O Fantasma da Ópera), é um filme estadunidense e britânico de 2004, do gênero drama musical, dirigido por Joel Schumacher, e com roteiro de Andrew Lloyd Webber e Joel Schumacher, baseado em novela homônima de Gaston Leroux.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

La Carlotta (Minnie Driver) é a diva de uma conceituada companhia teatral, que é responsável pelas óperas realizadas em um imponente teatro. Temperamental, La Carlotta se irrita pela ausência de um solo na nova produção da companhia e decide abandonar os ensaios. Com a estréia marcada para o mesmo dia, os novos donos do teatro não têm outra alternativa senão aceitar a sugestão de Madame Giry (Miranda Richardson) e escalar em seu lugar a jovem Christine Daae (Emmy Rossum), que fazia parte do coral. Christine faz sucesso em sua estréia, chamando a atenção do Visconde de Chagny (Patrick Wilson), o novo patrocinador da companhia. O Visconde e Christine se conheceram ainda crianças, mas ele apenas a reconhece na encenação da ópera. Porém o que nem ele nem ninguém da companhia, com exceção de Madame Giry, sabem é que Christine tem um tutor misterioso, que acompanha nas sombras tudo o que acontece no teatro: o Fantasma da Ópera (Gérard Butler).

Elenco

  • Gerard Butler .... Erik, o Fantasma
  • Ellison .... Meg Giry
  • Murray Melvin .... Reyer
  • Kevin McNally .... Buquet
  • James Fleet .... Lefevre
  • Halcro Johnston .... Passirino
  • Chris Overton .... Fantasma - jovem
  • Jesika Cannon .... Christine - jovem
  • Annabel Porter .... Meg - jovem
  • Laura Lounsom .... Madame Giry - jovem
  • Max Thomas .... Raoul - jovem
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Cena do número musical Stranger than you dream it

Todas as canções presentes no filme são composições de Andrew Lloyd Webber, Charles Hart e Richard Stilgoe. A versão ouvida no filme é cantada pelos atores do elenco. A única atriz que não canta as canções é Minnie Driver, a Carlota. Sempre que sua personagem canta, a voz que se ouve é da professora de canto Margaret Preece, porém Minnie Driver canta a última música do filme, Learn to be lonely, a música dos créditos finais[2] .

  1. Auction at the Opera Populaire, 1919 (Prologue)
  2. Hannibal
  3. Think of Me
  4. Angel of Music
  5. Little Lotte
  6. The Mirror (Angel of Music-Reprise)
  7. The Phantom of the Opera
  8. The Music of the Night
  9. Magical Lasso
  10. Notes
  11. Prima Donna
  12. Poor Fool, He Makes Me Laugh
  13. Il Muto
  14. Why Have You Brought Me Here?
  15. Raoul I've Been There
  16. All I Ask of You
  17. All I Ask of You (Reprise)
  18. Masquerade
  19. Why So Silent
  20. Ultimatums
  21. Journey To the Cemetery
  22. Wishing You Were Somehow Here Again
  23. Wandering Child
  24. We Have All Been Blind
  25. Twisted Every Way
  26. Don Juan
  27. The Point of No Return
  28. Down Once More
  29. Track Down This Murderer
  30. Learn To Be Lonely

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2005 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhor Canção Original (Learn To Be Lonely)

Academia Japonesa de Cinema 2006 (Japão)

  • Indicado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Globo de Ouro 2005 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Filme - Musical ou Comédia, Melhor Canção Original - Cinema ('Learn To Be Lonely) e Melhor Atuação de Atriz de Cinema - Musical ou Comédia

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Sarah Brightman iria gravar a versão do musical para o cinema, porém seu divorcio com Andrew Lloyd Webber complicaram o inicio das gravações e deixaram o projeto para outra oportunidade.
  • É o filme independente mais caro já realizado.[3]
  • John Travolta e Antonio Banderas foram testados para o papel do Fantasma.
  • Keira Knightley fez teste para o papel de Christine Daaé, e Charlotte Church e Anne Hathaway foram testadas para o papel de Christine Daaé.
  • Katie Holmes quase foi contratada para o papel de Christine, mas o diretor disse que ela estava um pouco mais velha para fazer a personagem.
  • Levava quatro horas para que Gerard Butler finalizasse sua maquiagem e a colocação da prótese.
  • O Fantasma fala apenas 14 de suas linhas e canta o restante.
  • O roteiro foi escrito no sul da França em 1989 por Joel Schumacher e Andrew Lloyd Webber.
  • Na capa do filme, o fantasma aparece com a mascara no lado esquerdo do rosto, enquanto no filme a mascara é no lado direito

Referências

  1. a b The Phantom of the Opera (2004) (em inglês) Box Office Mojo. Visitado em 10 de julho de 2013.
  2. Soundtracks for The Phantom of the Opera IMDb. Acessado em 11 de agosto de 2009
  3. IMDb - trivia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]