Árvore genealógica dos reis de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Aqui encontrará as árvores genealógicas das famílias reais portuguesas, uma imagem por cada dinastia.

Primeira Dinastia (de Borgonha ou Afonsina)[editar | editar código-fonte]

Notas:

1. Teresa de Leão é Filha de Afonso VI (e não VII, como na imagem) de Leão e Castela.

2. Afonso VII há-de vir a ser o filho da meia-irmã de Teresa de Leão, Urraca, que foi rainha de Leão e Castela na menoridade do filho.

3. Na língua Portuguesa deve dizer-se sempre coroa "de Leão e Castela" (e não "de Castela e Leão") já que a corôa de Leão (a corôa "Asturo-Leonense") é muito mais antiga que a própria existência do reino de Castela e portanto deve manter a precedência no nome).

4. Segundo o medievista e autor-referência da historiografia para este período da História Medieval Portuguesa, José Mattoso [in D. Afonso Henriques. Sintra:Círculo de Leitores (Coleção 'Reis de Portugal', nº 1), 2006, pp. 316-317] os filhos de D. Henrique da Borgonha com D. Teresa de Leão, Condes Portucalenses, são: Dª. Urraca Henriques [n. antes de 1109](=Bermudo Peres de Trava); Dª. Sanches Henrique [n. antes de 1109](=1 Sanches Nuno de Barbosa; =2 Fernão Mendes de Bragança); D. Afonso Henriques (Viseu?, 15 de Agosto de 1109) e um N. Henriques (que surge sem data). Mattoso não menciona nunca os que na árvore abaixo surgem com a designação de: "Afonso (n.1094-f. 1108)" ou "Henrique (n.1106-f.1110)".

5. Os nomes Matilde e Mafalda são sinónimos. Segundo Mattoso (op. cit.) Afonso Henriques casa com Matilde/Mafalda "de Maurienne", filha do Conde Amadeu III, 7º conde de Maurienne e 1º conde da Sabóia. Matilde tinha por tia-avó, Adelaide, raínha-consorte de Luís VI de França e mãe do novo rei de França Luís VII. Era ainda sobrinha-neta da Imperetriz Berta, mulher de Henrique IV e Imperador da Alemanha (Op. Cit, p. 157). Estas precisões importam para iluminar a estratégia matrimonial adoptada pelo ainda internacionalmente frágil 1º monarca português, primo --e até 1143, também vassalo-- de Afonso VII de Leão e Castela, numa data ainda anterior ao reconhecimento dado ao seu título de Rei de Portugal pelo papado, que ocorrerá em 23 de Maio de 1179 através da bula Manifestis Probatum do papa Alexandre III (Op. Cit. p 281). Em suma Afonso Henriques que já era neto de Afonso VI e meio-primo de Afonso VII de Leão e Castela reforça com o seu casamento a ligação à França, pátria do seu pai, filho dos duques da Borgonha e inaugura uma relação directa com a Sabóia.

ReisPt-DinastiaAfonsina.png

Segunda Dinastia (de Avis ou Joanina)[editar | editar código-fonte]

ReisPt-DinastiadeAvis.png

Terceira Dinastia (Filipina, de Habsburgo ou de Áustria)[editar | editar código-fonte]

D. Filipe I de Portugal 1580-1598
D. Filipe II de Portugal 1598-1621
D. Filipe III de Portugal 1621-1640

Genealogy dynasty kings of Portugal-3.png

Quarta Dinastia (de Bragança ou Bragantina)[editar | editar código-fonte]

ReisPt-DinastiaBrigantina.png

Ligações externas[editar | editar código-fonte]