Épica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Épica (desambiguação).

A épica é um gênero literário no qual o autor apresenta de forma objetiva fatos lendários ou fictícios acontecidos num tempo e espaços determinados. O autor usa como forma de expressão a narração, mas a descrição e o diálogo também são usados dando uma maior ênfase ao objetivo pretendido.

Essa alternativa de discurso tem como origem a observação aristotélica entre mímesis e diegesis, ou seja, entre narração e descrição.

Características[editar | editar código-fonte]

  1. Acontecimentos ou peripécias mais ou menos verdadeiros ou falsos.
  2. A maioria dos verbos contidos nessas obras literários estão no pretérito.
  3. O narrador aparece na obra ora sim, ora não, mas não está sempre presente como no gênero lírico, nem desaparece por completo, como ocorre no gênero dramático.
  4. Na maioria das vezes, a forma utilizada nessas obras é a prosa ou o verso largo.
  5. Tende a incluir os demais gêneros (lírico, dramático, didático)e por isso tem maior extensão.
  6. Se divide em capítulos.