A Paz (poema)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Paz é um poema musicado para coro composto pelo regente brasileiro Antônio Francisco Braga. [1][2]A peça está no tom de si bemol maior, com orquestração completa. Tem a estrutura de um poema sinfônico com final apoteótico do coro. O coro canta em uníssono até o acorde final. Seu texto pede o fim da tristeza e a volta da alegria.[carece de fontes?]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «A Paz - Francisco Braga». Domínio Público. Consultado em 10 de julho de 2019 
  2. «Francisco Braga em Concertos UFRJ». Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 22 de agosto de 2011. Consultado em 10 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre poesia ou um poema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.