A Virgem (Klimt)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


A Virgem
Autor Gustav Klimt
Data 1913
Técnica Óleo sobre tela
Dimensões 190  × 200 
Localização Museu Nacional de Praga, Praga

A Virgem é uma pintura a óleo sobre tela do pintor simbolista austríaco Gustav Klimt, datada de 1913, a fase final do artista. A pintura mostra um mulher, rodeada por quatro das personalidades, e flores, o que, no seu conjunto, faz referência ao amadurecimento feminino desde a virgindade até à mulher adulta. As quatro mulheres que envolvem o modelo central estão entrelaçadas. Tal como habitual nas pinturas de Klimt, o amor a sexualidade e a regeneração estão presentes, aqui representados pela forma cíclica circular da pintura. As diferentes fases da vida são representadas pela mesma mulher, cujas poses mais ousadas parecem estar inseridas num cenário subaquático. A concha vazia do vestido de uma das mulheres, na base, dá à luz com através de uma cascata de cores.[1]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ingo E. Walther (ed.): Masterpieces of Western Art II. Taschen, Keulen 2005, blz. 536. ISBN 3-8228-4746-1
  • Godfried Friedl: Klimt 1862-1918; de wereld in de gedaante van een vrouw, Taschen Verlag, Keulen, 1990. ISBN 978-3-8228-5130-2
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.