Abolição da Escravatura (Victor Meirelles)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abolição da Escravatura
Autor Victor Meirelles
Data 1888
Gênero pintura histórica
Técnica tela, tinta a óleo
Dimensões 46 centímetros x 55 centímetros

Abolição da Escravatura é uma pintura de Victor Meirelles. A data de criação é 1888. A obra é do gênero pintura histórica. Retrata a família imperial brasileira, em especial Isabel do Brasil.[1][2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

 A obra foi produzida com pintura a óleo. Suas medidas são: 46 centímetros de altura e 55 centímetros de largura.[1][2]
Faz parte de Coleção Brasiliana Itaú. O número de inventário é 23102637.

A pintura apresenta simbolicamente o momento da abolição da escravidão no Brasil, tendo no centro a Princesa Isabel, signatária da Lei Áurea. Foi notado que na tela não há a presença de escravos, destacando a versão de que a abolição foi um processo político gradual e promovido pela família imperial.[3]

Análise[editar | editar código-fonte]

A cena retratada dilui as hierarquias, por manter os personagens num mesmo nível -- apesar do centro ser da Princesa Isabel --, e faz prevalecer a emoção do momento, em especial com as manifestações no fundo da plateia.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências