Abu Ahmed al-Kuwaiti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Abu Ahmed al-Kuwaiti, também conhecido como xeque Abu Ahmed, Arshad Khan ou Arshad Mohammed, (falecido em 2 de maio de 2011) era um xeque do Kuwait nascido no Paquistão. Era um dos membros da organização terrorista al-Qaeda. Tinha o esconderijo de Osama bin Laden em seu nome. Ele vivia com bin Laden nesse local e ,de acordo com documentos secretos, era um dos mensageiros favoritos do terrorista e seu braço direito.[1] [2] [3] [4] [5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Registros de propriedade de bin Laden podem ajudar os Estados Unidos» (em inglês). Associated Press. 4 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011. 
  2. «Equipe especializada em sequestrar de bin Laden» (em inglês). The Telegraph. 3 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011. 
  3. «Abu Ahmed al-Kuwaiti tinha várias responsabilidades com bin Laden» (em inglês). NPR. 4 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011. 
  4. «Osama era "bom vizinho" dizem famílias que viviam próximas ao composto do terrorista» (em inglês). The Telegraph. 3 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011. 
  5. «Trabalho de detetive conduz ao composto de bin Laden» (em inglês). The New York Times. 2 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011. 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.