Acinonyx kurteni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAcinonyx kurteni
Ocorrência: Plioceno Superior - Recente
Acinonyx kurteni BW.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Subordem: Feliformia
Família: Felidae
Género: Acinonyx
Espécie: A. kurteni

Acinonyx kurteni é um espécime fóssil falsificado de guepardo pré-histórico, supostamente do plioceno superior, descoberto na China.[1] Foi descrito em 2008[2] e representaria, caso verdadeiro, a espécie de chita mais primitiva já descoberta.

O crânio fóssil teria sido descoberto em 2008, e sua descrição foi publicada em 2009.

Mesmo em 2008, haviam fortes suspeitas sobre a veracidade do fóssil. Tao Deng, Professor de Paleontologia no Instituto de Paleontologia e Paleoantropologia de Vertebrados da China, foi o primeiro a observar que partes do crânio haviam sido fabricadas com gesso.

A publicação que descreveu a espécie foi finalmente retraída em 2012.[3]

Referências

  1. «Ancient Cheetah Fossil Points to Old World Roots?». National Geographic Magazine. 29 de dezembro de 2009. Consultado em 1 de abril de 2009 
  2. Per Christiansen and Ji H. Mazák (13 de janeiro de 2009). «A primitive Late Pliocene cheetah, and evolution of the cheetah lineage». PNAS. 106 (2): 512-515. PMID 19114651. doi:10.1073/pnas.0810435106 
  3. Mazák JH (2012). «Retraction for Christiansen and Mazák, A primitive Late Pliocene cheetah, and evolution of the cheetah lineage». Proc Natl Acad Sci USA. 109 (37). 15072 páginas. PMC 3443189Acessível livremente. PMID 22908293. doi:10.1073/pnas.1211510109 
Ícone de esboço Este artigo sobre Carnívoros pré-históricos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.