Adenanthera pavonina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCarolina
Adenanthera pavonina.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Género: Adenanthera
Espécie: A. pavonina
Nome binomial
Adenanthera pavonina
Linnaeus

'Adenanthera pavonina' é uma árvore de até 15 metros, da família das leguminosas, subfamília mimosoideae, popularmente chamada de olho de pavão, carolina, segavé, tento-carolina e falso sândalo[1]. Também é conhecida por manjelim. Tem folhas bipinadas, 3-6 pares de pina, alternas; foliólulos alternos, oblongos ou ovadas, flores pequenas amarelo-pálidas, favas estreitas e falcadas e sementes vermelhas, muito duras e lustrosas.

Adenanthera pavonina é originária do sudeste da Ásia, é naturalizada no Brasil, e especialmente cultivada para a exploração da madeira e propriedades medicinais das folhas, casca e sementes(Pandhare RB et al., 2012). É utilizada em reflorestamentos e como planta ornamental e forrageira (CORRÊA, 1978; AKKASAENG, 1989). No Brasil, foi introduzida há muitos anos e encontra-se bastante adaptada e largamente distribuída em todos os estados (CORRÊA, 1978).

Adenanthera pavonina.
Imagem de árvore madura, território da Universidade Federal de Pernambuco

.

Referências

  1. Olho De Pavão - Adenanthera pavonina - Semente, Instituto Brasileiro de Florestas