Adriaen van der Dussen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicione esta.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2012)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Adriaen Jacobszoon van der Dussen (Delft, 15851642), foi um alto e secreto conselheiro da Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais durante a segunda das Invasões holandesas do Brasil.

Ao chegar ao Brasil em janeiro de 1637, João Maurício de Nassau reorganizou administrativamente o governo do Brasil Neerlandês, transformando o "Conselho Político" em "Conselho Secreto", integrado por Adriaen van der Dussen, Mathias van Ceulen e Jan Gijsselingh. Antes de terminado o prazo de seu contrato, van der Dussen pediu substituto (sabe-se que sofria de cálculos renais) e licença para retornar à pátria, o que fez em 8 de outubro de 1639 (MELLO, 1985). Não teve papel de destaque na administração do Brasil Neerlandês.

O conselheiro van der Dussen é o autor de um relatório detalhado da conquista, concluído em Dezembro de 1639 ("Relatório sobre o estado das Capitanias conquistadas no Brasil, apresentado pelo senhor Adriaen van der Dussen ao Conselho dos XIX na Câmara de Amsterdam, em 4 de Abril de 1640"). Assina ainda, junto com Maurício de Nassau e van Ceulen, o "Breve Discurso sobre o estado das Quatro Capitanias conquistadas, de Pernambuco, Itamaracá, Paraíba e Rio Grande, situadas na parte setentrional do Brasil", datado de 14 de Janeiro de 1638, cuja redação, em sua maior parte, lhe é atribuída.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MELLO, José Antônio Gonsalves de (org.). Fontes para a História do Brasil Holandês (2ª ed., 2 vols.). Recife: CEPE, 2004.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.