Air Forces Memorial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Air Forces Memorial
AirForcesMemorial.jpg
Apresentação
Tipo
Criador
Edward Brantwood Maufe (en)
Período de construção
Estatuto patrimonial
Edifício listado como Grade II (d) ()Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

O Air Forces Memorial, ou Runnymede Memorial, em Englefield Green, perto de Egham, Surrey, na Inglaterra, é um memorial dedicado a 20.456 homens e mulheres das forças aéreas do Império Britânico, que foram mortos no ar e noutras operações durante a II Guerra Mundial.[1] Os homenageados não possuem sepulturas conhecidas em qualquer lugar do mundo, não havendo rastreio neste sentido. O nome de cada um desses aviadores está gravado nas paredes de pedra do memorial, de acordo com o país, o esquadrão e a patente que tinham.

Estilo[editar | editar código-fonte]

O memorial foi projetado por Sir Brantwood Edward Maufe com a esculturas tendo sido feitas por Vernon Hill. As artes em vidro e tetos decorados foram concebidos por John Hutton, e o poema gravado na janela da galeria foi escrito por Paul H. Scott. Ele foi o primeiro edifício pós-II Guerra Mundial listado como patrimônio inglês.[2]

O telhado do memorial está virado em direção ao Rio Tâmisa e ao Prado de Runnymede, onde a Carta Magna foi selado pelo Rei João, em 1215. A maioria do norte, o oeste e o centro de Londres podem ser vistos à direita a partir do mirante; monumentos como o London Eye e o arco do Estádio de Wembley são visíveis em dias claros. O Castelo de Windsor e a área circundante podem ser vistos à esquerda.

Local[editar | editar código-fonte]

O memorial localiza-se em Coopers Hill Lane, Englefield Green, ao lado do antigo campus da Universidade de Brunel (e do Kingswood Hall da Royal Holloway, Universidade de Londres), quando este foi convertido num convento em 1965.

Estado[editar | editar código-fonte]

É um edifício listado como de Grau II e foi concluído em 1953.

Homenageados[editar | editar código-fonte]

  • Tenente-aviador Howard Pedro Blatchford, piloto canadense veterano da Batalha da Grã-Bretanha.
  • David Moore Crook, piloto de caça.
  • Arthur ('Arte') Donahue, Tenente de Vôo e autor.
  • Tenente-aviador John Dundas.
  • Brendan (Paddy) Finucane, Comandante de Vôo .
  • Líder do esquadrão Hilary Hood, piloto ferido na Batalha da grã-Bretanha.
  • Amy Johnson, aviador.
  • Piloto Vernon ('Shorty') Keogh, piloto americano da RAF NA Batalha da Grã-Bretanha.
  • Tenente de Vôo Eric Lock.
  • Piloto canadense William (Willie) McKnight.
  • Wing Commander John Dering Nettleton, honrado com a Cruz da Vitória.
  • Piloto Esmond Romilly, escritor anti-fascista.
  • Piloto Oficial Derek Teden.
  • Wing Commander Alois Vasatko, piloto tcheco.
  • Assistente-Diretora de Seção de Noor Inayat Khan, agente da SOE.

Referências

  1. «Archived copy». Consultado em 21 de novembro de 2011. Arquivado do original em 10 de agosto de 2011  Canadian Encyclopedia Monuments, World Wars I and II
  2. Runnymede Memorial. Commonwealth War Graves Commission. Retrieved 23 August 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]