Alano IV, duque da Bretanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alano IV, Duque da Bretanha)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Agosto de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alano IV
250px
Duque da Bretanha
Reinado 1072/84–1112
Predecessor Hoel II e Hawise
Sucessor Conan III
Regente Hoel II
Cônjuge Constança da Normandia
Ermengarda de Anjou
Descendência
Conan III
Godofredo
Edviges, Condessa de Flandres
Casa Real Casa de Cornouaille
Pai Hoel II
Mãe Hawise
Nascimento depois de 1060 ou 1063x1066
Morte 13 de outubro de 1119
Abadia de Redon
Enterro Abadia de Redon
Religião Catolicismo romano

Alano IV (c. 1063 — m. 13 de outubro de 1119) foi duque da Bretanha de 1084 até sua abdicação, em 1112. Também foi Conde de Nantes e Conde de Rennes. Seus pais eram Hoel II, Duque da Bretanha e sua esposa Hawise. Também é conhecido como Alano Luva de Ferro (do francês Fer gant; Alan Fergant). Através de seu pai, era da casa bretã da dinastia Cornouaille. É famoso por ter sido o último duque da Bretanha a falar bretão.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alano nasceu no castelo de Châteaulin, em Finistère, filho de Hoel V, conde da Cornualha, e de Edviges, duquesa da Bretanha.

Teve que restaurar sua autoridade ducal no condado de Rennes contra Godofredo Gononat, meio-irmão do duque Conan II, em detrimento da mãe de Alano, Edviges, a herdeira legítima. Alano capturou Rennes liderando seu exército e exilou Gononat em Quimper, a capital da Cornualha na Bretanha, onde ele morreu no mesmo ano, dando a Alano a oportunidade de retomar o título de conde de Rennes. No mesmo ano, ele elegeu seu irmão leal, Mateus, para governar o condado de Nantes, mas ele recuperou o título com a morte do último, em 1103.

Alano preferia ficar na parte do ducado em que se falava bretão, morando em seus castelos de Aurey e de Carnoët, não muito longe da abadia cruzada de Quimperlé, dirigida por seu tio Bento. A prevalência da paz em seu ducado fez possível para Alano responder ao chamado do papa Urbano II e, no verão de 1096, ele se juntou à Primeira Cruzada na companhia de outros senhores bretões. Ele se ausentou da Bretanha por cinco anos, deixando o ducado sob o controle da difícil, porém, muito capacitada Hermengarda de Anjou, sua segunda esposa. Em seu retorno da Cruzada, Alano se interessou cada vez mais em assuntos religiosos, e apoiou a reforma do clero por Marbodo, bispo de Rennes. Isto, porém, não o impediu de tomar partido de Henrique I da Inglaterra no conflito com o irmão dele, Roberto II da Normandia, e Alano participou da Batalha de Tinchebray, em 1106, na qual Roberto II foi derrotado e capturado. Ele se tornou vassalo de Henrique I e casou seu filho Conan com Matilde, filha de Henrique I.

Devido à enfermidade, Alano abdicou, em 1112, em favor de seu filho Conan, e se retirou para a Abadia de Saint-Sauveur, em Redon, onde morreu e foi sepultado.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Em 1086, Alano casou com Constança da Normandia, filha de Guilherme, o Conquistador, mas ela morreu envenenada, em 1090, sem filhos.[2] Três anos depois, Alano desposou Ermengarda de Anjou, esposa divorciada de Guilherme IX da Aquitânia, filha de Fulco IV, conde de Anjou, e da primeira esposa deste, Hildegarda de Beaugency. O relacionamento deles foi tempestuoso no início. Ela tentou deixá-lo para entrar para o convento de Fontevrault, pedindo que seu casamento fosse anulado. Os bispos se recusaram a fazê-lo, mandando-a de volta para seu esposo e exortando-a a aceitar seu lugar como esposa e mãe. O casal deve ter chegado a um entendimento, já que tiveram três filhos:

Alano teve ainda dois filhos ilegítimos:

Referências

  1. Skoda, Hannah; Lantschner, Patrick; Shaw, R. L. J.. Contact and Exchange in Later Medieval Europe: Essays in Honour of Malcolm Vale (em Inglês). Martlesham, RU: Boydell Press, 2012. ISBN 1843837382
  2. Douglas, David Charles. William the Conqueror: The Norman Impact Upon England. Oakland, Ru: University of California Press, 1964. p. 402.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alano IV, duque da Bretanha
Precedido por
Hoel II
Duque da Bretanha
13 de abril de 1084 - 1112
Sucedido por
Conan III