Albanerpetontidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Albanerpetontidae é uma família extinta de lissanfíbios superficialmente semelhantes a salamandras. Inclui quatro géneros – Albanerpeton, Anoualerpeton, Celtedens, and Wesserpeton – e entre 10 a 20 espécies conhecidas, abarcando um período de cerca de 160 milhões de anos desde o Bathoniano do Jurássico Médio até ao fim do Pliocénico, cerca de 2,5 milhões de anos atrás.[1] Durante muito tempo, pensava-se que os Albanerpetontídeos eram salamandras devido ao seu pequeno tamanho e plano corporal generalizado.[2] Contudo, pensa-se agora que estas características são ancestrais nos lissanfíbios e não é indicativo de uma relação próxima entre os dois grupos. Uma das coisas que as fez diferentes das salamandras era a sua pele que estava coberta de escamas ósseas.[3] Albanerpetontídeos são agora reconhecidos como um clado distinto de lissanfíbios separados das três ordens de anfíbios - Anura (rãs), Caudata (salamandras) e Gymnophiona (cecílias). Pensa-se que sejam mais próximas de rãs e salamandras do que de cecílias.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Gardner, J.D.; Böhme, M. (2008). Sankey, J.T. & Baszio, S., ed. Vertebrate Microfossil Assemblages: Their Role in Paleoecology and Paleobiogeography. (PDF). Indianapolis: Indiana University Press. pp. 178–218. Consultado em 9 de janeiro de 2012. 
  2. Duellman, W.
  3. Wesserpeton evansae: making 'albanerpetontid' a household name
  4. Gardner, James D. (1 de março de 2001). «Monophyly and affinities of albanerpetontid amphibians (Temnospondyli; Lissamphibia)». Zoological Journal of the Linnean Society (em inglês). 131 (3): 309-352. ISSN 1096-3642. doi:10.1111/j.1096-3642.2001.tb02240.x 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]