Aldeia Gavinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Aldeia Gavinha 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Aldeia Gavinha está localizado em: Portugal Continental
Aldeia Gavinha
Localização de Aldeia Gavinha em
Mapa de Aldeia Gavinha
Coordenadas 39° 05' 04" N 9° 05' 47" O
município primitivo Alenquer
município (s) atual (is) Alenquer
Freguesia (s) atual (is) Aldeia Galega da Merceana e Aldeia Gavinha
História
Extinção 2013
Características geográficas
Área total 8,22 km²
População total (2011) 1 142 hab.
Densidade 138,9 hab./km²
Outras informações
Orago Santa Maria Madalena

Aldeia Gavinha foi uma freguesia portuguesa do município de Alenquer, com 8,25 km² de área e 1 142 habitantes (2011)[1]. Densidade: 138,4 hab/km².

Foi extinta (agregada), em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Aldeia Galega da Merceana, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Aldeia Galega da Merceana e Aldeia Gavinha com sede em Aldeia Galega da Merceana.[2]

Localização da antiga Freguesia de Aldeia Gavinha no Município de Alenquer

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Aldeia Gavinha [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
875 1 035 1 162 1 279 1 210 1 232 1 589 1 628 1 742 1 547 1 379 1 445 1 211 1 173 1 142

Economia[editar | editar código-fonte]

Em termos económicos, a Aldeia Gavinha vive da agricultura, vitivinicultura, indústria, comércio e serviços.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Casa Museu Palmira Bastos
  • Igreja Matriz (Santa Maria Madalena)
  • Capela do Espírito Santo
  • Ruínas da capela de S. Sebastião
  • Fonte gótica

Colectividades[editar | editar código-fonte]

As principais colectividades existentes nesta localidade são:

  • Associação Recreativa Os Reunidos
  • Centro Recreativo e Cultural de Freixial do Meio
  • Centro Cultural e Recreio do Tojal
  • Centro de Convívio de Montegil
  • Grupo Cénico Palmira Bastos

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 1 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes