Aleksei Gritsai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aleksei Gritsai num selo postal russo de 2014, centenário de seu nascimento.

Aleksei Mikhailovich Gritsai (russo: Алексей Михайлович Грицай; 22 de fevereiro de 1914 – 6 de maio de 1998) foi um artista russo que, de 1924 a 1931,[1] estudou em São Petersburgo (à época Leningrado) e, de 1932 a 1939, na Academia de Artes da União Soviética com P.S. Naumov, Vasili Yakovlev e Isaak Brodsky.[2]

Gritsai tornou-se melhor conhecido como pintor de paisagens com profundo interesse pelo poder da natureza em prover inspiração à humanidade. Ele acreditava que, sendo os homens parte da natureza, eles podem encontrar proveito e consolação se com ela interagirem sadiamente. Devido à redução de mobilidade no fim de sua vida devido a doenças, ele ficou inapto a ficar em contato direto com a natureza, relegando isto à sua memória. Por conta disso, muito de seus últimos trabalhos são embebidos intensamente em suas reminiscências.[3]

Grisai foi laureado com dois Prêmios Stálin em 1951 e 1952, tornou-se acadêmico da Academia de Artes da U.R.S.S. em 1964, recebeu o status de Artista Popular da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas em 1974 e recebeu um Prêmio Estatal da U.R.S.S., em 1978.[3]

Referências

  1. МГАХУ памяти 1905 года. Сайт Artru.info
  2. The Great Soviet Encyclopedia, 3rd Edition (1970-1979). © 2010 The Gale Group, Inc
  3. a b «FAMOUS ALEKSEI GRITSAI LANDSCAPE PAINTING ADDED TO ART RUSSE COLLECTION». Art Russe.UK. 09 de setembro de 2014. Consultado em 18 de Julho de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Aleksei Gritsai
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.