Aletta Jacobs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aletta Jacobs em 1915.

Aletta Henriëtte Jacobs (Hoogezand-Sappemeer, 9 de fevereiro de 1854Baarn, 10 de agosto de 1929) foi uma médica holandesa e ativista do sufrágio feminino.

História[editar | editar código-fonte]

Nascida em uma família judaica em uma pequena cidade, teve muitas realizações em diferentes campos, como o sufrágio feminino, a medicina e a ajuda a pessoas de baixa renda. Também foi a primeira mulher a frequentar oficialmente uma universidade holandesa e a primeira médica de seu país.[1][2]

Referências

  1. Tom Cleary (9 de fevereiro de 2017). «Aletta Jacobs: 5 Fast Facts You Need to Know». Heavy. Consultado em 8 de julho de 2017 
  2. Jewish Women's Archive (1 de março de 2009). «Aletta Henriëtte Jacobs». Harriet Feinberg. Consultado em 8 de julho de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.