Alfred Barneck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alfred Barneck
Nascimento 11 de setembro de 1885
Berlim
Morte 1964 (79 anos)
Nacionalidade Alemanha Alemão
Orientador(es) Georg Cantor[1]
Campo(s) Matemática

Alfred Barneck, até 1923 Alfred Baruch (Berlim, 11 de setembro de 18851964[2]), foi um matemático alemão.

Vida[editar | editar código-fonte]

Barneck estudou matemática de 1904 a 1908 na Universidade de Berlim e na Universidade Técnica de Berlim-Charlottenburg e esteve depois em serviço preparatório para a docência em escolas superiores. Nesta época obteve um doutorado em 1910, orientado por Georg Cantor na Universidade de Halle-Wittenberg, com a tese "Über die Differentialrelationen zwischen den Thetafunktionen eines Arguments".[1] Em 1919 obteve a habilitação na Universidade Técnica de Berlim-Charlottenburg. Com a Machtergreifung (tomada do poder pelos nazistas) perdeu sua licença de ensino em 1934 por ser judeu. Foi um dos autores do Repetitorium der Höheren Analysis (Volume 1, 1927), no qual editou e completou o capítulo Elliptische Funktionen und Integrale de Eugen Jahnke. Em 1938 foi coagido a se desvincular da Berliner Mathematische Gesellschaft.[3]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Die Grundlagen unserer Zeitrechnung, Teubner 1932

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Maximilian Pinl Kollegen in einer dunklen Zeit, Jahresbericht DMV, Band 71, 1969, p. 173

Referências

  1. a b Alfred Barneck (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. De acordo com Winfried Scharlau, Mathematische Institute in Deutschland 1800-1945, 2013, p. 23
  3. Eberhard Knobloch, Mathematics at the Berliner Technische Hochschule, in David Rowe, John McCleary, The History of Modern Mathematics, Volume 2, Academic Press 1989, p. 266