Alfred Gies

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alfred Gies
Nascimento 7 de abril de 1912
Morte 21 de maio de 1993
Nacionalidade alemão
Cargo Piloto na Luftwaffe
Serviço militar
Patente Oberfeldwebel

Alfred Gies (7 de Abril de 1912 - 21 de Maio de 1993) foi um piloto alemão da Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial. Voou 667 missões de combate, nas quais destruiu 54 tanques inimigos.[1] Foi feito prisioneiro de guerra em Maio de 1945.[2] Depois da guerra, voltou a juntar-se às forças armadas, tendo saído da Bundeswehr no dia 30 Setembro de 1964, com o posto de Hauptfeldwebel.[3]

Referências

  1. Kacha, Petr. «Tank Killers - Panzerjäger, Panzerchlachtflieger, Schlachtflieger, Schnellkampflieger, Zerstörerflieger, Jagdflieger». www.luftwaffe.cz. Consultado em 13 de janeiro de 2017  line feed character character in |titulo= at position 67 (ajuda)
  2. «World War 2 Awards.com - GIES, Alfred». en.ww2awards.com. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  3. «Luftwaffe Officer Career Summaries» (PDF). Abril de 2016. Consultado em 12 de Janeiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.