All-on-4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A técnica para reabilitação do desdentado total All-on-4, é um procedimento cirúrgico e protético inventado na década de 1990 pelo médico dentista português Paulo Maló, que consiste na reabilitação da maxila e da mandíbula edêntulas com próteses fixas através da colocação de quatro implantes na região anterior dos maxilares, aquela em que a densidade óssea é maior e a que apresenta a taxa de sucesso mais elevada, permitindo a colocação de uma prótese fixa com 12 a 14 dentes imediatamente no dia da cirurgia.[1][2][3]

Técnica descrita em vídeo tridimensional

Frequentemente, a perda dos dentes é acompanhada de perda do osso do maxilar o que coloca o problema da reconstituição do osso do maxilar. Para que a implantação seja bem sucedida é necessário transplantar osso de outras partes do corpo, por exemplo, da crista ilíaca ou do crânio e aplicá-lo na(s) zona(s) onde se pretende implantar o (s) dente(s). A transplantação de enxerto ósseo leva entre três e seis meses para que os implantes possam ser colocados. Após a colocação dos implantes, é necessário esperar dois a três meses, prazo após o qual já é possível a colocação das prótese fixas. O tempo total de reabilitação é de doze meses.

Muitos pacientes não podem fazer o transplante de osso por razões de saúde geral (diabetes e outras). A reabilitação dos dentes por esta via (transplante de osso), devido a problemas de saúde é impossível em 20% dos pacientes.

O processo em apreço, permite obviar os referidos inconvenientes porque consiste na fixação de uma prótese dentária totalmente personalizada (ponte) assente apenas em quatro implantes de titânio. Estes implantes funcionam como "pilares" para a ponte que suporta os dentes protéticos. O processo inventado permite tirar partido do osso existente, mesmo que escasso, evitando ter que se recorrer a enxertos ósseos.

Os implantes posteriores são substancialmente angulados, a aproximadamente 45º, para evitar comprometer a cavidade sinusal no maxilar superior e o canal do nervo na mandíbula.

A invenção tal como apresentada deve o seu nome à própria natureza do método, que consiste na aplicação de uma prótese dentária com no mínimo doze dentes (ponte) fixa nos maxilares, assente apenas em quatro implantes de titânio.[4]

Parte essencial da invenção, são os parafusos de fixação do implante dentário, os quais estão protegidos pela patente WO2004091424.

Reivindicações na patente referente ao implante dentário de fixação[editar | editar código-fonte]

De acordo com a primeira reivindicação aceite no âmbito do processo de patenteamento europeu, o parafuso de fixação (7) é caracterizado por, realizar uma ancoragem eficaz mesmo num osso maxilar (1) com uma combinação de partes de ossos moles e duros (2,3,4,5), que pode ser aplicado em furos (6,8) realizados na porção ou porções de osso moles (3), os referidos furos com diâmetros (d', D") que são substancialmente menores que um diâmetro principal (D) da fixação (7) sendo que a referida fixação (7) compreende uma superfície externa, o diâmetro principal (D), uma superfície de extremidade final e uma porção dianteira (7b), que do ponto de vista de diâmetro vai estreitando em direcção à superfície de extremidade final e que é disposto para realizar uma função de corte (12, 13, 14, 15) e uma função de enroscamento (11) e é, portanto, capaz de, em contacto com uma porção ou porções de osso duro (4, 5), penetrar através dessas porções de osso duro (4, 5) sem causar qualquer tendência significativa para o deslocamento da porção óssea (4, 5) e uma rosca (11), que tem uma, duas ou mais voltas de enroscamento e se estende ao longo da maior parte da superfície externa e também para baixo ao longo da porção frontal (7b), enquanto mantém substancialmente o seu perfil de rosca, e onde o diâmetro principal (D) é de 4 mm, o diâmetro (d) da superfície de extremidade é de 2 mm, e a parte frontal (7b) tem uma altura (H) que é substancialmente igual ao diâmetro (d) da superfície de extremidade.[5]

Preço do tratamento[editar | editar código-fonte]

O preço do tratamento, pode variar, e por norma está dividido em duas fases

  • a primeira fase consiste na remoção dos dentes restantes do paciente, na inserção dos pilares, e na colocação de uma 'ponte' temporária. O preço nesta primeira fase ronda os 12000 euros.
  • a segunda fase consiste em esperar que os pilares sarem dentro da massa óssea do paciente. Nesta fase desenvolve-se a 'ponte' definitiva que será aparafusada aos pilares. Esta fase custa cerca de 15000€

O tratamento completo deverá rondar os trinta mil euros (30000€)[6], sendo que rondará os cinquenta mil euros (50000€), se se tratar das duas maxilas (superior e inferior).[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. MEDLINE / NLM, Short implants in posterior jaws. A prospective 1-year study, Maló Paulo; Nobre Miguel de; Lopes Armando; European journal of oral implantology; England; Spring 2011
  2. MEDLINE / NLM; Implants (3.3 mm diameter) for the rehabilitation of edentulous posterior regions: a retrospective clinical study with up to 11 years of follow-up; Maló Paulo; de Araújo Nobre Miguel; Clinical implant dentistry and related research; Canada; Jun 2011
  3. MEDLINE / NLM; A longitudinal study of the survival of All-on-4 implants in the mandible with up to 10 years of follow-up; Malo Paulo; de Araújo Nobre Miguel; Lopes Armando; Moss Steve M; Molina Guillermo J.; Journal of the American Dental Association (1939); United States; Mar 2011
  4. Maló, P., Rangert, B., Nobre, M., Clinical Implant dentistry and related search (2003). «"All-on-Four" immediate-function concept with Brånemark System implants for completely edentulous mandibles: a retrospective clinical study» 
  5. Pedido internacional de patente WO 2004091424 A1; NOBEL BIOCARE AB [SE]; MALO CARVALHO PAULO [PT]; Publicado:2004-10-28; Resumo, desenhos e reivindicações
  6. http://choosedentalimplants.com/content/26310-average-cost-all-4-procedure
  7. http://dental-implants.dentiq-dentistry.com/cost-all-on-4.html