Alto do Pina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Alto do Pina 
  Freguesia portuguesa extinta  
Fonte Luminosa
Fonte Luminosa
Símbolos
Bandeira de Alto do Pina
Bandeira
Brasão de armas de Alto do Pina
Brasão de armas
Localização
Alto do Pina está localizado em: Portugal Continental
Alto do Pina
Localização de Alto do Pina em Portugal Continental
Mapa de Alto do Pina
Coordenadas 38° 44' 25" N 9° 07' 41" O
município primitivo Lisboa
município (s) atual (is) Lisboa
Freguesia (s) atual (is) Areeiro
História
Extinção 2013
Características geográficas
Área total 0,84 km²
População total (2011) 10 333 hab.
Densidade 12 301,2 hab./km²
Outras informações
Orago Doze apóstolos

Alto do Pina é um bairro e uma antiga freguesia portuguesa do município de Lisboa, com 0,84 km² de área e 10.333 habitantes (2011).

Foi uma das 12 freguesias criadas pela reorganização administrativa da cidade de Lisboa de 7 de fevereiro de 1959, por divisão das freguesias de Beato, Marvila e Penha de França.[1]

Como consequência de nova reorganização administrativa, oficializada a 8 de novembro de 2012, e que entrou em vigor após as eleições autárquicas de 2013, foi determinada a extinção da freguesia, passando o seu território quase integralmente para a nova freguesia do Areeiro, com apenas uma pequena parte anexada à freguesia do Beato.[2]

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Alto do Pina [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
12 570 10 852 13 110 12 654 10 253 10 333

Criada pelo decreto-lei nº 42.142, de 07/02/1959

Símbolos heráldicos da freguesia [1][editar | editar código-fonte]

Ordenação heráldica do brasão, bandeira e selo[editar | editar código-fonte]

Brasão: escudo de ouro, com uma fonte heráldica entre três asnas de vermelho, em chefe, dispostas em faixa e monte de verde firmado e movente da ponta. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “ALTO do PINA“.

Bandeira: azul. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Selo: nos termos da Lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Alto do Pina - Lisboa”.

Parecer emitido pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses a 27 de Fevereiro de 2004, nos termos da Lei n.º 53/91, de 7 de Agosto.

Estabelecidos, sob proposta da Junta de Freguesia, em sessão da Assembleia de Freguesia de 27 d Abril de 2004.

Publicados no Diário da República, III Série, N.º 154, de 2 de Julho de 2004.

Registado na Direcção-Geral das Autarquias Locais com o n.º 170/2004, de Agosto de 2004.

Justificação dos símbolos[editar | editar código-fonte]

  • Fonte heráldica. Representa, simbolicamente, a Fonte Monumental da Alameda D. Afonso Henriques, vulgarmente denominada de Fonte Luminosa.
  • Três asnas. Representam os três núcleos populacionais da freguesia (1- Bairro dos Actores, Alameda D. Afonso Henriques, Avenida Almirante Reis e Praça Francisco Sá Carneiro; 2- Bairro das Olaias, Avenida Afonso Costa, Rua Sarmento de Beires e Casal Vistoso; 3- Bairros Sociais – Bairro Portugal Novo e Bairro Alto do Pina/ Quinta do Monte Coxo).
  • Monte. Representa o topónimo da freguesia, “Alto do Pina”.

Património[editar | editar código-fonte]

Arruamentos[editar | editar código-fonte]

A freguesia do Alto do Pina continha 51 arruamentos. Eram eles:

  • Rua Actriz Virgínia
  • Rua Al Berto
  • Rua Alberto Pimentel
  • Rua Alves Torgo[13]
  • Rua Américo Durão
  • Rua Aquiles Machado[11]
  • Rua Augusto Machado
  • Rua Barão de Sabrosa[14]
  • Rua Capitão Henrique Galvão
  • Rua Carlos Mardel[13]
  • Rua Casimiro Freire
  • Rua Cristóvão Falcão[14]
  • Rua de João de Menezes
  • Rua de Olivença[11]
  • Rua do Garrido
  • Rua Domingos dos Reis Quita
  • Rua Egas Moniz
  • Rua Humberto da Cruz
  • Rua João da Silva
  • Rua Jorge de Castilho
  • Rua José Acúrcio das Neves
  • Rua Lucinda do Carmo
  • Rua Manuel dos Santos
  • Rua Manuel Gouveia
  • Rua Marcelino de Mesquita
  • Rua Padre Gregório Verdonk
  • Rua Profª Margarida Vieira Mendes
  • Rua Profª Maria de Lurdes Belchior
  • Rua Robalo Gouveia
  • Rua Sarmento de Beires
  • Rua Veríssimo Sarmento
  • Rua Wanda Ramos

Notas e referências

  1. Decreto-Lei n.º 42 142, de 7 de fevereiro de 1959. Diário do Governo, I Série, n.º 32. Acedido a 10/12/2012.
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 216, Lei n.º 56/2012 (Reorganização administrativa de Lisboa). Acedido a 25/11/2012.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. Partilhada com as freguesias de Arroios (São Jorge de Arroios) e Penha de França (São João) e com a antiga freguesia de São João de Deus.
  5. Partilhada com a freguesia de Alvalade (São João de Brito e Alvalade, esta última na sua configuração anterior à reorganização administrativa da cidade de Lisboa) e com a antiga freguesia de São João de Deus.
  6. Partilhada com a freguesia de Arroios (Anjos e São Jorge de Arroios) e com a antiga freguesia de São João de Deus.
  7. Partilhada com as freguesias de Marvila e Beato.
  8. Partilhada com as freguesias de Marvila e Alvalade (São João de Brito).
  9. a b Partilhada com as freguesias de Beato e Penha de França (São João).
  10. Partilhada com a freguesia de Alvalade (São João de Brito).
  11. a b c Partilhada com a freguesia do Beato.
  12. Partilhada com a antiga freguesia de São João de Deus.
  13. a b Partilhada com a freguesia de Arroios (São Jorge de Arroios).
  14. a b Partilhada com a freguesia da Penha de França (São João).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alto do Pina