Alto saxão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Alto saxão (em alemão: Obersächsisch) é um alemão que faz parte do grupo dos dialetos do Alemão central falados na Saxônia e partes da Saxônia-Anhalt e Turíngia. Embora

Mitteldeutsche Mundarten

sendo Saxão, não pode ser confundido com o Baixo-saxão que pertence a outro grupo linguístico, que é do Baixo-alemão.

História[editar | editar código-fonte]

 O dialeto alto saxão é a língua nativa de Martinho Lutero, que traduziu a Bíblia em 1534, começando uma revolução cultural e religiosa, não só no norte da Alemanha, como mais tarde em outras partes do continente Europeu.  Em alguns aspectos, o papel desempenhado pelo dialeto alto saxão é comparável ao Dialeto toscano na Itália na época das primeiras obras traduzidas para a linguagem popular.  Com base no dialeto alto saxão, moldou a moderna Língua alemã que conhecemos hoje como alemão padrão.[1][2][3]    

Referências

  1. «Der Obersächsische Dialekt : Carl Gottlob Franke : Free Download & Streaming». Internet Archive. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  2. Barden, Birgit; Großkopf, Beate (1 de janeiro de 1998). Sprachliche Akkommodation und soziale Integration: Sächsische Übersiedler und Übersiedlerinnen im rhein-/moselfränkischen und alemannischen Sprachraum. [S.l.]: Walter de Gruyter. ISBN 9783110935073 
  3. Barsa, ed. (2002). Nova Enciclopédia Barsa 6 ed. ISBN 85-7518-003-7