Alusão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A alusão é uma figura de linguagem caracterizada pelo uso de uma referência ou citação a um fato ou pessoa[1] (real ou fictícia), necessariamente conhecido pelo interlocutor.[2] Faz parte da intertextualidade, só que sua principal diferença está na claridade.[3] É uma comunicação sutil entre os textos, em que se nota apenas uma leve menção de outro texto ou a um componente seu. Na alusão, não se aponta diretamente o fato em questão; apenas o sugere através de características secundárias ou metafóricas.[4]

Referências

  1. "CD Estante da Vida (Heloisa Rosa) -Análise". Consult. 6 de janeiro de 2012. 
  2. Maria Christina de Motta Maia. "Intertextualidade". UFRJ. Consult. 6 de janeiro de 2012. 
  3. InfoEscola. "Intertexto e Intertextualidade". Consult. 6 de janeiro de 2012. 
  4. Super Gospel. "CD Promessas Pentecostal (Vários artistas) - Análise". Consult. 6 de janeiro de 2012. 
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.