Angelomo de Luxeuil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Angelomo de Luxeuil (em latim: Angelomus Lexoviensis; m. c. 895) foi um monge beneditino de Luxeuil, no Franco-Condado, e um comentarista da Bíblia. Suas obras revelam a influência de Alcuíno[1] e a utilização das obras de Pseudo-Jerônimo.[2]

Era um protegido de Lotário I e escreveu comentários sobre o Gênesis e o Cântico dos Cânticos.

Referências

  1. «Bracken - Rationalism and the Bible in Seventh-Century Ireland» 
  2. A. Saltman (1975). Quaestiones on the Book of Samuel by Pseudo-Jerome. [S.l.: s.n.] p. 26 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Fontes primárias[editar | editar código-fonte]

Fontes secundárias[editar | editar código-fonte]

  • Michael Gorman, The Commentary on Genesis of Angelomus of Luxeuil and Biblical Studies under Lothar, Studi medievali 40 (1999)
  • Robert G. Babcock, Angelomus and Manuscripts from the Luxeuil Library, Aevum, LXXIV (May–August 2000), 431-440

Ligações externas[editar | editar código-fonte]