Patrologia Latina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Patrologia Latina (desde outubro de 2010). Ajude e colabore com a tradução.
Capa - Patrologia Latina, volume 5 - Paris, 1844

A Patrologia Latina é uma enorme coleção de escritos dos Padres da Igreja e outros escritores eclesiásticos publicada por Jacques-Paul Migne entre 1844 e 1855 e os índices publicados entre 1862 e 1865.

Embora consista de reimpressões de edições antigas, algumas com erros e sem cumprir com os padrões modernos para estudos acadêmicos, a série, por sua disponibilidade (ela está presente em muitas bibliotecas acadêmicas) e o fato de ela incorporar muitos textos para os quais não há uma edição crítica moderna disponível, ela é ainda largamente utilizada por estudiosos da Idade Média e é, neste respeito, comparável ao Monumenta Germaniae Historica. A Patrologia Latina é uma parte da Patrologiae Cursus Completus, sendo que a outra é a Patrologia Graeca, composta de obras patrísticos e medievais em grego com suas traduções para o latim.

A obra[editar | editar código-fonte]

A Patrologia Latina inclui mais de mil anos de obras latinas, de Tertuliano ao Papa Inocêncio III, em 217 volumes:

  1. Volumes 1 até 73, de Tertuliano até Gregório de Tours, foram publicados entre 1844 e 1849.
  2. Volumes 74 até 217, do Papa Gregório I até Inocêncio III, de 1849 até 1855.

Embora a coleção termine no ano de 1216 (morte de Inocêncio), Migne originalmente queria incluir documentos até a Reforma Protestante. Esta tarefa se mostrou grande demais, embora alguns comentários ou documentos posteriores, associados aos textos já abrangidos, foram incluídos.

As placas de impressão da Patrologia foram destruídas num incêndio em 1868. Porém, com a ajuda da gráfica Garnier, elas foram restauradas e novas edições foram publicadas, iniciando na década de 1880. Estas re-edições nem sempre correspondem exatamente com a série original, nem em qualidade e nem no arranjo interno, o que exige precaução quando utilizadas[1] .

Autores notáveis na Patrologia[editar | editar código-fonte]

Estes são alguns dos mais notáveis autores incluídos na Patrologia, com o(s) volume(s) em que eles apareceram, alguns tão notáveis por suas ações do que por suas obras. A maior parte das obras são de natureza eclesiástica, mas há também documentos literários, históricos e linguísticos (como a Bíblia gótica no volume 18).


Governantes seculares[editar | editar código-fonte]

Papas[editar | editar código-fonte]

Outros bispos[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Veja ProQuest – Central To Research Around The World (em inglês). ProQuest. Página visitada em 14/10/2010..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]