Papa Inocêncio I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Inocêncio I
40º papa
Nascimento 11 de março de 378 Albano, Itália
Eleição 22 de Dezembro de 401
Fim do pontificado 12 de março de 417 (15 anos)
Morte 12 de março de 417 (39 anos)
Antecessor Anastácio I
Sucessor Zósimo
Listas dos papas: cronológica · alfabética

O Papa São Inocêncio I (em latim: Innocentius I) foi um papa eleito em 22 de dezembro de 401 e faleceu dia 12 de março de 417.

Um dos mais ferrenhos defensores, na Igreja primitiva, das prerrogativas da Sé Apostólica em questão de doutrina e disciplina eclesiástica, Inocêncio I era, na verdade, filho de Anastácio I. É o primeiro caso de um filho suceder o pai no pontificado. [1] [2]. Foi durante o seu pontificado que São Jerônimo terminou a revisão da tradução latina da Bíblia conhecida como Vulgata Latina, em 404.

Tendeu a unificar a Igreja ocidental em torno da "praxis romana", estabelecendo a observância dos ritos romanos no Ocidente, o catálogo do livros canônicos e as regras monásticas. Enfrentou a heresia de Pelágio da Britânia, tendo ratificado a condenação deste e de Celestino; defendeu São João Crisóstomo. Durante seu pontificado, Roma foi saqueada pelos visigodos de Alarico I. Conseguiu que o imperador Flávio Honório proibisse as lutas de gladiadores.

Referências

  1. Os Papas (Edição Loyola)
  2. Calendarium Romanum (Libreria Editrice Vaticana, 1969)


Precedido por
Anastácio I
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

40.º
Sucedido por
Zósimo


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.