Papa Bento VIII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bento VIII
Papa da Igreja Católica
143° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 18 de maio de 1012
Fim do pontificado 9 de abril de 1024 (11 anos)
Predecessor Sérgio IV
Sucessor João XIX
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal 22 de junho de 1001
Cardinalato
Criação 1001
por Papa Silvestre II
Ordem Cardeal-bispo
Título Porto-Santa Rufina
Consistório Consistórios de Bento VIII
Dados pessoais
Nascimento 980
Túsculo, Itália
Morte 9 de abril de 1024 (44 anos)
Roma, Itália
Nacionalidade Italiano
Nome nascimento Teofilacto II de Túsculo
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Lista de Papas

Papa Bento VIII (Túsculo, 980 – Roma, 9 de abril de 1024) reinou de 18 de maio de 1012 até sua morte. Era descendente de Alberico I, conde de Túsculo que teve importante participação na eleição do Papa João X.[1]

Frente às dificuldades para eleger-se, pediu ajuda a Henrique II, que se fez coroar em Roma. Conseguiu afastar de Roma o inoportuno Crescêncio. Derrotou os sarracenos que estavam atacando o litoral da Itália.[1]

Tornou obrigatório o celibato dos padres.[2] Tentou controlar, através de leis, a simonia e o dolo.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b «Benedict VIII». Encyclopædia Britannica. Consultado em 15 de julho de 2019 
  2. John Oakes (11 de julho de 2005). «Why did celibacy become mandatory for priests?». Evidence for Christianity. Consultado em 15 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Sérgio IV
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

143.º
Sucedido por
João XIX


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.