Papa Alexandre VII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alexandre VII
Papa da Igreja Católica
237° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 7 de abril de 1655
Entronização 18 de abril de 1655
Fim do pontificado 22 de maio de 1667 (12 anos)
Predecessor Inocêncio X
Sucessor Clemente IX
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral dezembro de 1634
Nomeação episcopal 8 de janeiro de 1635
Ordenação episcopal 1 de julho de 1635
por Dom Miguel Juan Balaguer Camarasa, O.S.Io.Hieros
Nomeado arcebispo 13 de maio de 1653
Cardinalato
Criação 19 de fevereiro de 1652
por Papa Inocêncio X
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Maria do Povo
Brasão
Cardinali Chigi.svg
Papado
Brasão
C o a Alessandro VII.svg
Consistório Consistórios de Alexandre VII
Dados pessoais
Nascimento 13 de fevereiro de 1599
Siena, Itália
Morte 22 de maio de 1667 (68 anos)
Roma, Itália
Nacionalidade Italiano
Nome nascimento Fabio Chigi
Progenitores Mãe: Laura Marsigli
Pai: Flavio Chigi
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Listas de papas: cronológica · alfabética

Papa Alexandre VII (13 de fevereiro de 1599 - 22 de maio de 1667), nascido Fabio Chigi, foi o Papa no período de 7 de abril de 1655 até sua morte em 1667.[1]

Em 1648, participou como núncio apostólico nas negociações do Tratado de Vestefália, que pôs fim à sangrenta Guerra dos Trinta Anos. Neste evento, que decorreu na Alemanha, ele conheceu São Gregório Barbarigo.

Foi o candidato favorito de Espanha que conseguiu assegurar a sua eleição em conclave a 7 de Abril de 1655. À data Espanha lutava na Guerra dos Trinta Anos e na Guerra da Restauração Portuguesa e queria ter no Papa um aliado na Corte de Roma.

Durante o seu pontificado favoreceu a posição de Espanha contra a independência de Portugal.

Apoiou a Companhia de Jesus no seu combate contra as doutrinas Jansenistas.

Foi um grande protetor da arte: encarregou a Bernini a construção da colunata do baldaquino de São Pedro e publicou, em 1657, a Constituição Apostólica Piæ sollicitudinis studio,[2] sobre a música sacra.

O monumento funeral do Papa Alexander VII - Basílica de São Pedro (Vaticano).

Referências

  1. Williams, George L. (1998). Papal Genealogy: The Families and Descendants of the Popes. [S.l.]: McFarland & Company. p. 114 
  2. «Chiesa e Comunicazione - Costituzione «Piae Sollicitudinis»». www.chiesaecomunicazione.com (em italiano). Consultado em 7 de julho de 2018. 


Precedido por
Inocêncio X
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

237.º
Sucedido por
Clemente IX


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.